jusbrasil.com.br
27 de Junho de 2022
  • 2º Grau
  • Controle Concentrado de Constitucionalidade
  • Decisão de mérito
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Supremo Tribunal Federal STF - AÇÃO DIRETA DE INCONSTITUCIONALIDADE: ADI 2421 SP

Supremo Tribunal Federal
há 2 anos

Detalhes da Jurisprudência

Processo

ADI 0000693-61.2001.1.00.0000 SP

Órgão Julgador

Tribunal Pleno

Partes

REQTE.(S) : GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO, INTDO.(A/S) : ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA DO ESTADO DE SÃO PAULO

Publicação

19/02/2020

Julgamento

20 de Dezembro de 2019

Relator

GILMAR MENDES

Documentos anexos

Inteiro TeorSTF_ADI_2421_34945.pdf
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Ementa

Ação Direta de Inconstitucionalidade.
2. Lei nº 10.544/2000, do Estado de São Paulo.
3. Direito Financeiro. Transferências Constitucionais. Critérios de repasse de impostos estaduais aos municípios.
4. Inexistência de vício de iniciativa legislativa. Matéria de direito financeiro não incluída na iniciativa reservada ao chefe do Poder Executivo. Rol exaustivo de hipóteses de limitação da iniciativa legislativa parlamentar.
5. Campo restrito para a legislação estadual dispor sobre os critérios de distribuição de impostos estaduais. Art. 158, inciso II, da Constituição Federal.
6. Interpretação conforme à Constituição no tocante a ¼ da quota parte do ICMS destinada aos municípios. Inviabilidade.
7. Exclusão por completo de município da repartição do produto da arrecadação de ICMS. Impossibilidade.
8. Lei que define o cálculo dos repasses de forma progressiva, sem definir prazos, e delega ao Poder Executivo a regulamentação da Lei. Violação à autonomia financeira dos municípios.
9. Transferências constitucionais devem ser pautadas por critérios objetivos, de caráter vinculado, que assegurem a regularidade e previsibilidade dos repasses. 10. Ação direta julgada procedente para declarar a inconstitucionalidade da lei impugnada.

Acórdão

O Tribunal, por unanimidade, conheceu da ação direta e julgou procedente o pedido formulado para declarar a inconstitucionalidade da Lei Estadual nº 10.544, de 27 de abril de 2000, nos termos do voto do Relator. Plenário, Sessão Virtual de 13.12.2019 a 19.12.2019.

Referências Legislativas

Observações

- Acórdão (s) citado (s): (GOVERNADOR, ASSINATURA, PETIÇÃO INICIAL, ADI) ADI 2130 AgR. (INICIATIVA PRIVATIVA, INTERPRETAÇÃO EXTENSIVA) ADI 724 MC. (HIPÓTESE, INICIATIVA PRIVATIVA, ROL TAXATIVO) ADI 3394 (TP). (CONSTITUIÇÃO ESTADUAL, CRITÉRIO, REPASSE, ICMS, MUNICÍPIO) ADI 95 (TP). (ICMS, RATEIO, PRODUTO DE ARRECADAÇÃO, EXCLUSÃO, MUNICÍPIO) RE 401953 (TP). (ICMS, PROGRAMA, INCENTIVO FISCAL, RETENÇÃO, PARCELA, MUNICÍPIO) RE 572762 (TP). - Decisão monocrática citada: (GOVERNADOR, ASSINATURA, PETIÇÃO INICIAL, ADI) ADI 1814 MC. Número de páginas: 23. Análise: 13/01/2021, JAS.
Disponível em: https://stf.jusbrasil.com.br/jurisprudencia/862056739/acao-direta-de-inconstitucionalidade-adi-2421-sp

Informações relacionadas

Supremo Tribunal Federal
Jurisprudênciahá 18 anos

Supremo Tribunal Federal STF - AÇÃO DIRETA DE INCONSTITUCIONALIDADE: ADI 2728 AM

Tribunal Regional do Trabalho da 4ª Região
Jurisprudênciaano passado

Tribunal Regional do Trabalho da 4ª Região TRT-4 - Recurso Ordinário Trabalhista: ROT 0020360-09.2018.5.04.0124

Tribunal de Justiça de São Paulo
Jurisprudênciahá 3 meses

Tribunal de Justiça de São Paulo TJ-SP - Apelação/Remessa Necessária: APL 1051257-53.2021.8.26.0053 SP 1051257-53.2021.8.26.0053

Tribunal Regional Federal da 4ª Região
Jurisprudênciahá 5 anos

Tribunal Regional Federal da 4ª Região TRF-4 - APELAÇÃO CIVEL: AC 5000484-64.2013.404.7100 RS 5000484-64.2013.404.7100

Superior Tribunal de Justiça
Jurisprudênciahá 9 meses

Superior Tribunal de Justiça STJ - AGRAVO INTERNO NO AGRAVO EM RECURSO ESPECIAL: AgInt no AREsp 1723817 PR 2020/0162494-4