jusbrasil.com.br
18 de Maio de 2022
  • 2º Grau
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Supremo Tribunal Federal STF - MANDADO DE INJUNÇÃO: MI 485 MT

Supremo Tribunal Federal
há 20 anos
Detalhes da Jurisprudência
Processo
MI 485 MT
Órgão Julgador
Tribunal Pleno
Partes
SINDICATO DOS DELEGADOS DE POLÍCIA DO ESTADO DE MATO GROSSO-SINDEPO-MT, GERALDO CARLOS DE OLIVEIRA E OUTRO, CONGRESSO NACIONAL
Publicação
DJ 23-08-2002 PP-00071 EMENT VOL-02079-01 PP-00001
Julgamento
25 de Abril de 2002
Relator
MAURÍCIO CORRÊA
Documentos anexos
Inteiro TeorMI_485_MT-_25.04.2002.pdf
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Ementa

MANDADO DE INJUNÇÃO. DIREITO DE GREVE DO SERVIDOR PÚBLICO. ARTIGO 37, VII, DA CONSTITUIÇÃO FEDERAL. NECESSIDADE DE INTEGRAÇÃO LEGISLATIVA. OMISSÃO DO CONGRESSO NACIONAL.

1. Servidor público. Exercício do direito público subjetivo de greve. Necessidade de integralização da norma prevista no artigo 37, VII, da Constituição Federal, mediante edição de lei complementar, para definir os termos e os limites do exercício do direito de greve no serviço público. Precedentes.
2. Observância às disposições da Lei 7.783/89, ante a ausência de lei complementar, para regular o exercício do direito de greve dos serviços públicos. Aplicação dos métodos de integração da norma, em face da lacuna legislativa. Impossibilidade. A hipótese não é de existência de lei omissa, mas de ausência de norma reguladora específica. Mandado de injunção conhecido em parte e, nessa parte, deferido, para declarar a omissão legislativa.

Resumo Estruturado

- LEGITIMIDADE ATIVA "AD CAUSAM", ORGANIZAÇÃO SINDICAL, AJUIZAMENTO, MANDADO DE INJUNÇÃO COLETIVO // RECONHECIMENTO, MORA, CONGRESSO NACIONAL, OUTORGA, DIREITO, GREVE, SERVIDOR PÚBLICO CIVIL // EXISTÊNCIA, LACUNA TÉCNICA, REGULAMENTAÇÃO, DISPOSITIVO CONSTITUCIONAL // INOCORRÊNCIA, AUTO-APLICABILIDADE, NORMA DE EFICÁCIA LIMITADA, NECESSIDADE, EDIÇÃO, LEI COMPLEMENTAR // COMUNICAÇÃO, PODER LEGISLATIVO, SUPRIMENTO, OMISSÃO. - CONFIGURAÇÃO, AUSÊNCIA, LEGISLAÇÃO ESPECÍFICA // IMPOSSIBILIDADE, APLICAÇÃO, REGRAS, INICIATIVA PRIVADA // APLICABILIDADE, ANALOGIA, COSTUMES, PRINCÍPIOS GERAIS DE DIREITO, UNICIDADE, HIPÓTESE, OMISSÃO, LEI // COMPROMISSO, SERVIÇO PÚBLICO, COLETIVIDADE // DESCABIMENTO, APLICAÇÃO, MULTA DIÁRIA, CONGRESSO NACIONAL, VIOLAÇÃO, SEPARAÇÃO DOS PODERES. - (VOTO VENCIDO), INEXISTÊNCIA, EXERCÍCIO, GREVE, SUBORDINAÇÃO, EDIÇÃO PRÉVIA, LEI REGULAMENTADORA.

Referências Legislativas

Observações

Votação: por maioria, vencido o Ministro Sepúlveda Pertence.. Resultado: declarada a omissão do Congresso Nacional e determinada a comunicação dessa omissão. Acórdãos citados: MI-20 , MI-438. N.PP.:.(RTJ-166/774) Análise:(FLO). Revisão:(AAF). Inclusão: 02/01/03, (MLR).
Disponível em: https://stf.jusbrasil.com.br/jurisprudencia/774653/mandado-de-injuncao-mi-485-mt

Informações relacionadas

Supremo Tribunal Federal
Jurisprudênciahá 12 anos

Supremo Tribunal Federal STF - MANDADO DE INJUNÇÃO: MI 1545 DF

Alessandra Strazzi, Advogado
Artigoshá 4 anos

Aposentadoria Especial: Cálculo de Conversão de Tempo Especial em Comum

Cesar Augusto Machado, Advogado
Artigoshá 2 anos

Tudo sobre o princípio "Tempo Rege o Ato" e sua aplicação prática