jusbrasil.com.br
27 de Novembro de 2020
2º Grau
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Supremo Tribunal Federal STF - AG.REG.NA ARGÜIÇÃO DE DESCUMPRIMENTO DE PRECEITO FUNDAMENTAL : ADPF-AgR 17 AP

Supremo Tribunal Federal
há 18 anos
Detalhes da Jurisprudência
Processo
ADPF-AgR 17 AP
Órgão Julgador
Tribunal Pleno
Partes
GOVERNADOR DO ESTADO DO AMAPÁ, PGE-AP - JOÃO BATISTA SILVA PLÁCIDO, GOVERNADOR DO ESTADO DO AMAPÁ, TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO AMAPÁ
Publicação
DJ 14-02-2003 PP-00058 EMENT VOL-02098-01 PP-00001
Julgamento
5 de Junho de 2002
Relator
CELSO DE MELLO
Documentos anexos
Inteiro TeorADPF-AGR_17_AP-_05.06.2002.pdf
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Ementa

ARGÜIÇÃO DE DESCUMPRIMENTO DE PRECEITO FUNDAMENTAL (CF, ART. 102, § 1º)- AÇÃO ESPECIAL DE ÍNDOLE CONSTITUCIONAL - PRINCÍPIO DA SUBSIDIARIEDADE (LEI Nº 9.882/99, ART. , § 1º)- EXISTÊNCIA DE OUTRO MEIO APTO A NEUTRALIZAR A SITUAÇÃO DE LESIVIDADE QUE EMERGE DOS ATOS IMPUGNADOS - INVIABILIDADE DA PRESENTE ARGÜIÇÃO DE DESCUMPRIMENTO - RECURSO DE AGRAVO IMPROVIDO

. - O ajuizamento da ação constitucional de argüição de descumprimento de preceito fundamental rege-se pelo princípio da subsidiariedade (Lei nº 9.882/99, art. , § 1º), a significar que não será ela admitida, sempre que houver qualquer outro meio juridicamente idôneo apto a sanar, com efetividade real, o estado de lesividade emergente do ato impugnado. Precedentes: ADPF 3/CE, ADPF 12/DF e ADPF 13/SP. A mera possibilidade de utilização de outros meios processuais, contudo, não basta, só por si, para justificar a invocação do princípio da subsidiariedade, pois, para que esse postulado possa legitimamente incidir - impedindo, desse modo, o acesso imediato à argüição de descumprimento de preceito fundamental - revela-se essencial que os instrumentos disponíveis mostrem-se capazes de neutralizar, de maneira eficaz, a situação de lesividade que se busca obstar com o ajuizamento desse writ constitucional
. - A norma inscrita no art. , § 1º da Lei nº 9.882/99 - que consagra o postulado da subsidiariedade - estabeleceu, validamente, sem qualquer ofensa ao texto da Constituição, pressuposto negativo de admissibilidade da argüição de descumprimento de preceito fundamental, pois condicionou, legitimamente, o ajuizamento dessa especial ação de índole constitucional, à observância de um inafastável requisito de procedibilidade, consistente na ausência de qualquer outro meio processual revestido de aptidão para fazer cessar, prontamente, a situação de lesividade (ou de potencialidade danosa) decorrente do ato impugnado.

Resumo Estruturado

(CÍVEL) - EXISTÊNCIA, PRESSUPOSTOS NEGATIVOS, ADMISSIBILIDADE, AJUIZAMENTO, AÇÃO DE DESCUMPRIMENTO DE PRECEITO FUNDAMENTAL, CONDICIONAMENTO, INSTAURAÇÃO, PROCEDIMENTO, PRÉVIO EXAURIMENTO, MECANISMOS PROCESSUAIS, CAPACIDADE, CESSAÇÃO, SITUAÇÃO, LESIVIDADE, POTENCIALIDADE, DANOS, CONSEQÜÊNCIA, ATOS ESTATAIS // CARACTERIZAÇÃO, INCONSTITUCIONALIDADE, NÃO-OBSERVÂNCIA, PRINCÍPIO DA SUBSIDIARIEDADE, VALIDADE, INSTITUIÇÃO, REQUISITOS, PROCEDIBILIDADE, LEGISLADOR ORDINÁRIO. - OCORRÊNCIA, AJUIZAMENTO, AÇÃO POPULAR, (STF), PEDIDO, MEDIDA LIMINAR , INVALIDADE, ATOS IMPUGNADOS, IDÊNTICO FUNDAMENTO, AÇÃO DE DESCUMPRIMENTO DE PRECEITO FUNDAMENTAL // RECONHECIMENTO, (STF), EXISTÊNCIA, MEDIDA PROCESSUAL, APTIDÃO, CASSAÇÃO, LESIVIDADE, ATO // POSSIBILIDADE, DESCONSTITUIÇÃO, ATO SEDE, AÇÃO POPULAR.

Doutrina

  • Obra: ARGÜIÇÃO DE DESCUMPRIMENTO DE PRECEITO FUNDAMENTAL
  • Autor: ALEXANDRE DE MORAES
  • Obra: AÇÃO POPULAR
  • Autor: RODOLFO DE CAMARGO MANCUSO
  • Obra: "HABEAS CORPUS", MANDADO DE SEGURANÇA, MANDADO DE INJUNÇÃO,
  • Autor: J.M. OTHON SIDON

Referências Legislativas

Observações

Votação: unânime. Resultado: desprovido. Acórdãos citados: ADPF-3, ADPF-12, ADPF-13, ADPF-18, AO-859-QO. N.PP.:.(18) Análise:(MML). Revisão:(AAF). Inclusão: 12/06/03, (SVF). Alteração: 17/06/03, (SVF).
Disponível em: https://stf.jusbrasil.com.br/jurisprudencia/774161/agregna-arguicao-de-descumprimento-de-preceito-fundamental-adpf-agr-17-ap