jusbrasil.com.br
22 de Janeiro de 2022
2º Grau
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Supremo Tribunal Federal STF - EMB.DECL. NA AÇÃO DIRETA DE INCONSTITUCIONALIDADE : ED ADI 0001597-91.1995.1.00.0000 RN - RIO GRANDE DO NORTE 0001597-91.1995.1.00.0000

Supremo Tribunal Federal
há 3 anos
Detalhes da Jurisprudência
Órgão Julgador
Tribunal Pleno
Partes
REQTE.(S) GOVERNADOR DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE 
Publicação
DJe-197 19-09-2018
Julgamento
10 de Setembro de 2018
Relator
Min. ROBERTO BARROSO
Documentos anexos
Inteiro TeorSTF_ED-ADI_1301_3234c.pdf
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Ementa

PROCESSO CONSTITUCIONAL. DIREITO CONSTITUCIONAL E ADMINISTRATIVO. AÇÃO DIRETA DE INCONSTITUCIONALIDADE. EMBARGOS DECLARATÓRIOS. ESTABILIDADE EXCEPCIONAL PARA SERVIDORES PÚBLICOS CIVIS NÃO CONCURSADOS. POSSIBILIDADE E NECESSIDADE DE MODULAR EFEITOS.

1. Admite-se, excepcionalmente, a modulação de efeitos em sede de embargos de declaração na ação direta de inconstitucionalidade, sem prejuízo de que os fundamentos não tenham sido previamente suscitados. Nesse sentido: ADI-EDnº 2.797, Rel. Min. Menezes Direito, DJe de 28.02.2013.
2. Modulação de efeitos da declaração de inconstitucionalidade do art. 14 do Ato das Disposições Constitucionais Transitórias da Constituição do Estado do Rio Grande Norte, no sentido de ressalvar os aposentados e os indivíduos que implementaram os requisitos para aposentação até a data da publicação da ata de julgamento, mantidos estes no regime próprio dos servidores daquele estado. Precedente representativo: ADI nº 4.876, Rel. Min. Dias Toffoli, DJe de 01.07.2014.
3. Embargos de declaração providos.

Decisão

O Tribunal, por maioria, acolheu os embargos de declaração, de modo a ressalvar dos efeitos do acórdão de mérito os aposentados e os indivíduos que implementaram os requisitos para aposentação até a data da publicação da ata de julgamento, mantidos estes no regime próprio dos servidores daquele estado, nos termos do voto do Relator. Vencido o Ministro Marco Aurélio. Plenário, Sessão Virtual de 31.8.2018 a 6.9.2018.

Referências Legislativas

  • LEG-FED LEI-009868 ANO-1999 ART-00027 LEI ORDINÁRIA LEG-EST CES ANO-1989 CONSTITUIÇÃO ESTADUAL, RN LEG-EST ADCT ANO-1989 ART-00014 ART-00019 ATO DAS DISPOSICOES CONSTITUCIONAIS TRANSITORIAS, RN

Observações

- Acórdão (s) citado (s): (ADI, MODULAÇÃO DE EFEITOS, EMBARGOS DE DECLARAÇÃO) ADI 2797 ED (TP). (MODULAÇÃO DE EFEITOS, DECISÃO, DECLARAÇÃO DE INCONSTITUCIONALIDADE, NORMA, CONTRATAÇÃO SEM CONCURSO PÚBLICO) ADI 4876 (TP), ADI 3415 ED-segundos (TP). Número de páginas: 13. Análise: 12/11/2018, TLR.
Disponível em: https://stf.jusbrasil.com.br/jurisprudencia/768163688/embdecl-na-acao-direta-de-inconstitucionalidade-ed-adi-1301-rn-rio-grande-do-norte-0001597-9119951000000

Informações relacionadas

Tribunal Regional Federal da 1ª Região
Jurisprudênciahá 11 meses

Tribunal Regional Federal da 1ª Região TRF-1 - REMESSA EX OFFICIO (REO) : REO 0002065-11.2012.4.01.3903

Jurisprudênciahá 9 anos

Tribunal de Justiça do Amapá TJ-AP - APELAÇÃO : APL 0006608-09.2007.8.03.0002 AP

Supremo Tribunal Federal
Jurisprudênciahá 2 anos

Supremo Tribunal Federal STF - AÇÃO DIRETA DE INCONSTITUCIONALIDADE : ADI 0003315-45.2003.1.00.0000 MG - MINAS GERAIS 0003315-45.2003.1.00.0000