jusbrasil.com.br
27 de Junho de 2022
  • 2º Grau
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Supremo Tribunal Federal STF - MANDADO DE SEGURANÇA: MS 33539 DF - DISTRITO FEDERAL 0000707-54.2015.1.00.0000

Supremo Tribunal Federal
há 4 anos

Detalhes da Jurisprudência

Órgão Julgador

Primeira Turma

Partes

IMPTE.(S) ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE DEFESA DOS CONCURSOS PARA CARTÓRIOS - ANDECC , IMPDO.(A/S) CNJ - CONSELHO NACIONAL DE JUSTIÇA 

Publicação

DJe-124 22-06-2018

Julgamento

22 de Maio de 2018

Relator

Min. MARCO AURÉLIO

Documentos anexos

Inteiro TeorSTF_MS_33539_f62c0.pdf
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Ementa

Direito Constitucional e Administrativo. Conselho Nacional de Justiça. Concurso Público para serventias extrajudiciais do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro. Ato do CNJ. Pontuação de títulos.

1. Mandado de Segurança impetrado contra decisão do CNJ que determinou a reavaliação de títulos apresentados em concurso para outorga serventias extrajudiciais do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro.
2. Como regra geral, o controle dos atos do CNJ pelo STF somente se justifica nas hipóteses de (i) inobservância do devido processo legal; (ii) exorbitância das competências do Conselho; e (iii) injuridicidade ou manifesta irrazoabilidade do ato impugnado. Não se identifica qualquer dessas hipóteses.
3. Não há ilegalidade no ato coator, tendo em vista que o CNJ apenas manteve o entendimento já consolidado a respeito da pontuação de títulos em concursos para serventias extrajudiciais, disciplinada nos termos dos incisos I e II do item 7.1 da minuta anexa à Resolução CNJ nº 81/2009.
4. O ato impugnado do CNJ preserva a segurança jurídica dos candidatos, tendo em vista que prestigia orientação consolidada e já existente no momento de abertura do edital.
5. Segurança denegada.

Decisão

A Turma, por maioria, denegou a ordem e revogou a liminar anteriormente deferida, nos termos do voto do Ministro Luís Roberto Barroso, Redator para o acórdão, vencido o Ministro Marco Aurélio, Relator. Falaram: o Dr. Luiz Felipe Bulus pela Impetrante e o Dr. Winicius Masotti pelo litisconsorte passivo Carlos Augusto Macedo Silva. Não participou, justificadamente, deste julgamento, o Ministro Luiz Fux. Presidência do Ministro Alexandre de Moraes. Primeira Turma, 22.5.2018.

Referências Legislativas

  • LEG-FED CF ANO-1988 ART-00236 CF-1988 CONSTITUIÇÃO FEDERAL
  • LEG-FED LEI-008935 ANO-1994 ART-00014 INC-00005 ART-00015 PAR-00002 LEI ORDINÁRIA
  • LEG-FED RES-000081 ANO-2009 ART-00004 ANEXO-ÚNICO MINUTA DE EDITAL DE CONCURSO PÚBLICO DE PROVAS E TÍTULOS PARA A OUTORGA DE DELEGAÇÕES DE NOTAS E DE REGISTROS TÍTULO-7 ITEM-7.1 INC-00001 INC-00002 RESOLUÇÃO DO CONSELHO NACIONAL DE JUSTIÇA CNJ LEG-EST EDT ANO-2012 ITEM-16.3 INC-00001 INC-00002 ITEM-24.1 EDITAL DO LIII CONCURSO PÚBLICO DE PROVAS E TÍTULOS PARA OUTORGA DAS DELEGAÇÕES DAS ATIVIDADES NOTARIAIS E/OU REGISTRAIS DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO, RJ

Observações

- Acórdão (s) citado (s): (CONCURSO PÚBLICO, SERVENTIA EXTRAJUDICIAL, SERVIÇO PÚBLICO NÃO PRIVATIVO, BACHAREL EM DIREITO) MS 33527 (1ªT). (CNJ, SUBSTITUIÇÃO, BANCA EXAMINADORA, CORREÇÃO, PROVA) RE 315007 (1ªT). (CNJ, CONTROLE, ÂMBITO ADMINISTRATIVO, ATO, PODER JUDICIÁRIO) MS 26163 (TP), MS 27160 (TP). (MS, ATO NORMATIVO, CNJ) MS 28554 AgR (TP). (MS, DIREITO LÍQUIDO E CERTO) MS 21865 (TP). - Decisão monocrática citada: (PODER JUDICIÁRIO, VALORAÇÃO, CRITÉRIO, BANCA EXAMINADORA) MS 21957. - Acórdão (s) citado (s) - outros tribunais: STJ: RMS 10208. - Veja PCA Nº 0006024-83.2014.2.00.0000, PCA Nº 0006843-54.2013.2.00.0000 e Consulta Nº 000426878.2010.2.00.0000 do CNJ. Número de páginas: 29. Análise: 26/10/2018, JSF.
Disponível em: https://stf.jusbrasil.com.br/jurisprudencia/768158647/mandado-de-seguranca-ms-33539-df-distrito-federal-0000707-5420151000000

Informações relacionadas

Tribunal de Justiça de Minas Gerais
Jurisprudênciahá 9 anos

Tribunal de Justiça de Minas Gerais TJ-MG - Reexame Necessário-Cv: REEX 0037709-66.2011.8.13.0351 Janaúba

Tribunal Regional Federal da 1ª Região
Jurisprudênciahá 9 anos

Tribunal Regional Federal da 1ª Região TRF-1 - APELAÇÃO EM MANDADO DE SEGURANÇA: AMS 0040288-58.2010.4.01.3400 DF 0040288-58.2010.4.01.3400

Supremo Tribunal Federal
Jurisprudênciahá 4 anos

Supremo Tribunal Federal STF - MANDADO DE SEGURANÇA: MS 33527 RJ - RIO DE JANEIRO 0000391-41.2015.1.00.0000

Conselho Nacional de Justiça
Jurisprudênciahá 12 anos

Conselho Nacional de Justiça CNJ - Consulta: CONS 0004268-78.2010.2.00.0000

Superior Tribunal de Justiça
Jurisprudênciahá 6 anos

Superior Tribunal de Justiça STJ - MANDADO DE SEGURANÇA: MS 21957 DF 2015/0181444-0