jusbrasil.com.br
25 de Junho de 2022
  • 2º Grau
  • Controle Concentrado de Constitucionalidade
  • Decisão de mérito
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Supremo Tribunal Federal STF - AÇÃO DIRETA DE INCONSTITUCIONALIDADE: ADI 1007 PE

Supremo Tribunal Federal
há 16 anos

Detalhes da Jurisprudência

Processo

ADI 1007 PE

Órgão Julgador

Tribunal Pleno

Partes

REQTE. : CONFEDERACAO NACIONAL DOS ESTABELECIMENTOS DE

Publicação

24/02/2006

Julgamento

31 de Agosto de 2005

Relator

EROS GRAU

Documentos anexos

Inteiro TeorADI_1007_PE-_31.08.2005.pdf
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Ementa

AÇÃO DIRETA DE INCONSTITUCIONALIDADE. LEI N. 10.989/93 DO ESTADO DE PERNAMBUCO. EDUCAÇÃO: SERVIÇO PÚBLICO NÃO PRIVATIVO. MENSALIDADES ESCOLARES. FIXAÇÃO DA DATA DE VENCIMENTO. MATÉRIA DE DIREITO CONTRATUAL. VÍCIO DE INICIATIVA.

1. Os serviços de educação, seja os prestados pelo Estado, seja os prestados por particulares, configuram serviço público não privativo, podendo ser desenvolvidos pelo setor privado independentemente de concessão, permissão ou autorização.
2. Nos termos do artigo 22, inciso I, da Constituição do Brasil, compete à União legislar sobre direito civil.
3. Pedido de declaração de inconstitucionalidade julgado procedente.

Decisão

Após o voto do Senhor Ministro Eros Grau (relator), que dava pela procedência da ação, no que foi acompanhado pelos Senhores Ministros Cezar Peluso e Carlos Velloso, e dos votos dos Senhores Ministros Joaquim Barbosa, Carlos Britto e Celso de Mello, que davam pela improcedência da ação, pediu vista dos autos o Senhor Ministro Joaquim Barbosa. Ausente, justificadamente, neste julgamento, o Senhor Ministro Nelson Jobim (Presidente). Presidiu o julgamento a Senhora Ministra Ellen Gracie (Vice-Presidente). Plenário, 03.03.2005. Decisão: Renovado o pedido de vista do Senhor Ministro Joaquim Barbosa, justificadamente, nos termos do § 1º do artigo 1º da Resolução nº 278, de 15 de dezembro de 2003. Presidência do Senhor Ministro Nelson Jobim. Plenário, 30.03.2005. Decisão: O Tribunal, por maioria, nos termos do voto do relator, julgou procedente a ação para declarar a inconstitucionalidade da Lei nº 10.989, de 07 de dezembro de 1993, do Estado de Pernambuco, vencidos os Senhores Ministros Joaquim Barbosa, Carlos Britto e Celso de Mello, que a julgavam improcedente. Votou o Presidente, Ministro Nelson Jobim. Ausente, justificadamente, o Senhor Ministro Gilmar Mendes. Plenário, 31.08.2005.

Acórdão

Após o voto do Senhor Ministro Eros Grau (relator), que dava pela procedência da ação, no que foi acompanhado pelos Senhores Ministros Cezar Peluso e Carlos Velloso, e dos votos dos Senhores Ministros Joaquim Barbosa, Carlos Britto e Celso de Mello, que davam pela improcedência da ação, pediu vista dos autos o Senhor Ministro Joaquim Barbosa. Ausente, justificadamente, neste julgamento, o Senhor Ministro Nelson Jobim (Presidente). Presidiu o julgamento a Senhora Ministra Ellen Gracie (Vice-Presidente). Plenário, 03.03.2005. Decisão: Renovado o pedido de vista do Senhor Ministro Joaquim Barbosa, justificadamente, nos termos do § 1º do artigo 1º da Resolução nº 278, de 15 de dezembro de 2003. Presidência do Senhor Ministro Nelson Jobim. Plenário, 30.03.2005. Decisão: O Tribunal, por maioria, nos termos do voto do relator, julgou procedente a ação para declarar a inconstitucionalidade da Lei nº 10.989, de 07 de dezembro de 1993, do Estado de Pernambuco, vencidos os Senhores Ministros Joaquim Barbosa, Carlos Britto e Celso de Mello, que a julgavam improcedente. Votou o Presidente, Ministro Nelson Jobim. Ausente, justificadamente, o Senhor Ministro Gilmar Mendes. Plenário, 31.08.2005.

Resumo Estruturado

- INCONSTITUCIONALIDADE FORMAL, LEI ESTADUAL, FIXAÇÃO, DATA, PAGAMENTO, MENSALIDADE ESCOLAR, ESTABELECIMENTO PRIVADO DE ENSINO, COMPETÊNCIA PRIVATIVA, UNIÃO, LEGISLAÇÃO, DIREITO CIVIL, RELAÇÃO CONTRATUAL, CIDADÃO, PRESTADOR DE SERVIÇO PÚBLICO. DESCABIMENTO, REDUÇÃO, CIDADÃO, AGENTE ECONÔMICO, CONSUMIDOR. - (FUNDAMENTAÇÃO COMPLEMENTAR), (MIN. CEZAR PELUSO), DESCABIMENTO, ESTADO-MEMBRO, DISCIPLINA, MATÉRIA NEGOCIAL, CARÁTER GERAL. AUSÊNCIA, PECULIARIDADE REGIONAL, LEGITIMAÇÃO, ESTADO-MEMBRO, (PE), EDIÇÃO, NORMA ESPECÍFICA. - (VOTO VENCIDO), (MIN. CARLOS BRITTO), COMPETÊNCIA CONCORRENTE, ESTADO-MEMBRO, NORMATIVIDADE SUPLEMENTAR, MATÉRIA, CONSUMO. CONFIGURAÇÃO, MECANISMO, PROTEÇÃO, CONSUMIDOR, IMPEDIMENTO, COBRANÇA, SERVIÇO EDUCACIONAL, ANTERIORIDADE, PRESTAÇÃO, ESTABELECIMENTO DE ENSINO. EXISTÊNCIA, ORDENAMENTO JURÍDICO BRASILEIRO, PROTEÇÃO CUMULATIVA, CIDADÃO, CONSUMIDOR. - (VOTO VENCIDO), (MIN. JOAQUIM BARBOSA), POSSIBILIDADE, INTERVENÇÃO ESTATAL, CONTRATO, PRESTAÇÃO, SERVIÇO, EDUCAÇÃO, FINALIDADE, CONCRETIZAÇÃO, DIREITO FUNDAMENTAL, EDUCAÇÃO, CARACTERIZAÇÃO, SUPREMACIA, ORDEM PÚBLICA, LIMITAÇÃO, LIVRE INICIATIVA.

Referências Legislativas

Observações

- Acórdãos citados: ADI 319 QO (RTJ-149/666), ADI 1007 MC (RTJ-153/796), ADI 1081 MC (RTJ-172/370), ADI 1646 MC, ADI 1931 MC (RTJ-190/41), ADI 1992 MC (RTJ-171/446), RE 163231 (RTJ-178/377). - Veja Informativos 378, 399 e 409 do STF. Número de páginas: (56). Análise: 27/03/06, (MSA). Revisão: (RCO).
Disponível em: https://stf.jusbrasil.com.br/jurisprudencia/763331/acao-direta-de-inconstitucionalidade-adi-1007-pe

Informações relacionadas

Tribunal de Justiça de São Paulo
Jurisprudênciahá 4 anos

Tribunal de Justiça de São Paulo TJ-SP - Apelação: APL 1010543-67.2018.8.26.0405 SP 1010543-67.2018.8.26.0405

Superior Tribunal de Justiça
Jurisprudênciahá 8 anos

Superior Tribunal de Justiça STJ - AGRAVO REGIMENTAL NO AGRAVO EM RECURSO ESPECIAL: AgRg no AREsp 326120 MG 2013/0105148-4

Supremo Tribunal Federal
Jurisprudênciahá 11 anos

Supremo Tribunal Federal STF - AÇÃO DIRETA DE INCONSTITUCIONALIDADE: ADI 3269 DF

Petição Inicial - TJSP - Ação de Cobrança de Mensalidades Escolares - Procedimento Comum Cível

Supremo Tribunal Federal
Jurisprudênciahá 13 anos

Supremo Tribunal Federal STF - AÇÃO DIRETA DE INCONSTITUCIONALIDADE: ADI 3897 DF