jusbrasil.com.br
18 de Maio de 2022
  • 2º Grau
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Supremo Tribunal Federal STF - INQUÉRITO: Inq 2253 DF

Supremo Tribunal Federal
há 16 anos
Detalhes da Jurisprudência
Processo
Inq 2253 DF
Órgão Julgador
Tribunal Pleno
Partes
ERIVAN BUENO DE MORAIS, JOÃO CARVALHO DE MATOS, CARLOS ALBERTO LEREIA, DALCI ALVES DE OLIVEIRA AGUIAR E OUTRO
Publicação
DJ 24-02-2006 PP00006 EMENT VOL-02222-01 PP-00078
Julgamento
19 de Dezembro de 2005
Relator
MARCO AURÉLIO
Documentos anexos
Inteiro TeorINQ_2253_DF-_19.12.2005.pdf
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Ementa

QUEIXA-CRIME - IMUNIDADE PARLAMENTAR.

Estando as palavras circunscritas ao exercício do mandato, muito embora veiculadas pela imprensa, surge o óbice ao recebimento da queixa-crime, consubstanciado na imunidade parlamentar, tal como prevista no artigo 53 da Constituição Federal - "os deputados e senadores são invioláveis, civil e penalmente, por quaisquer de suas opiniões palavras e votos"

Decisão

O Tribunal, por unanimidade, rejeitou a queixa-crime e determinou o arquivamento dos autos, nos termos do voto do relator. Ausentes, justificadamente, os Senhores Ministros Celso de Mello e Eros Grau. Presidiu o julgamento o Senhor Ministro Nelson Jobim. Plenário, 19.12.2005.

Resumo Estruturado

- VIDE EMENTA.

Referências Legislativas

Observações

N.PP.:(5). Análise: 22/03/06, (RMO). Revisão: (JOY/RCO).
Disponível em: https://stf.jusbrasil.com.br/jurisprudencia/762031/inquerito-inq-2253-df

Informações relacionadas

Canal Ciências Criminais, Estudante de Direito
Artigoshá 5 anos

Teses de defesa na Lei de Drogas: o usuário (Parte 2)

Superior Tribunal de Justiça
Jurisprudênciahá 19 anos

Superior Tribunal de Justiça STJ - HABEAS CORPUS: HC 25796 RJ 2002/0165637-4