jusbrasil.com.br
9 de Agosto de 2022
  • 2º Grau
  • Controle Concentrado de Constitucionalidade
  • Decisão de mérito
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Supremo Tribunal Federal STF - AÇÃO DIRETA DE INCONSTITUCIONALIDADE: ADI 3136 MG XXXXX-83.2004.0.01.0000

Supremo Tribunal Federal
há 16 anos

Detalhes da Jurisprudência

Processo

Órgão Julgador

Tribunal Pleno

Partes

REQTE.(S) : CONFEDERAÇÃO NACIONAL DO TRANSPORTE - CNT

Publicação

Julgamento

Relator

RICARDO LEWANDOWSKI

Documentos anexos

Inteiro TeorADI_3136_MG-_01.08.2006.pdf
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Ementa

AÇÃO DIRETA DE INCONSTITUCIONALIDADE. LEI DO ESTADO DE MINAS GERAIS. LICENCIAMENTO DE MOTOCICLETAS PARA TRANSPORTE DE PASSAGEIROS ("MOTOTÁXI"). COMPETÊNCIA PRIVATIVA DA UNIÃO. INCONSTITUCIONALIDADE FORMAL RECONHECIDA.

I - Competência privativa da União para legislar sobre trânsito e transporte ( CF, art. 22, XI).
II - Exercício de atribuição pelo Estado que demanda autorização em lei complementar.
III - Inexistência de autorização expressa quanto ao transporte remunerado de passageiros por motocicletas.
IV - Ação direta julgada procedente para declarar a inconstitucionalidade da lei mineira 12.618/97.

Decisão

O Tribunal, por unanimidade, julgou procedente a ação direta para declarar a inconstitucionalidade da Lei nº 12.618, de 24 de setembro de 1997, do Estado de Minas Gerais, nos termos do voto do Relator. Votou a Presidente, Ministra Ellen Gracie. Falaram, pela requerente, o Dr. Juthay Magalhães Neto e, pelo requerido, Governador do Estado de Minas Gerais, o Dr. Daniel Bueno Capeb, Procurador do Estado. Plenário, 01.08.2006.

Acórdão

O Tribunal, por unanimidade, julgou procedente a ação direta para declarar a inconstitucionalidade da Lei nº 12.618, de 24 de setembro de 1997, do Estado de Minas Gerais, nos termos do voto do Relator. Votou a Presidente, Ministra Ellen Gracie. Falaram, pela requerente, o Dr. Juthay Magalhães Neto e, pelo requerido, Governador do Estado de Minas Gerais, o Dr. Daniel Bueno Capeb, Procurador do Estado. Plenário, 01.08.2006.

Resumo Estruturado

- VIDE EMENTA E INDEXAÇÃO PARCIAL: LEGITIMIDADE ATIVA, CONFEDERAÇÃO NACIONAL DO TRANSPORTE, CNT, PROPOSIÇÃO, AÇÃO DIRETA DE INCONSTITUCIONALIDADE, CARACTERIZAÇÃO, CONFEDERAÇÃO SINDICAL, EXISTÊNCIA, PERTINÊNCIA TEMÁTICA, OBJETO SOCIAL, ENTIDADE, CONTEÚDO, LEI ESTADUAL, LICENCIAMENTO, MOTOCICLETA, TRANSPORTE REMUNERADO, PASSAGEIRO. - FUNDAMENTAÇÃO COMPLEMENTAR, MIN. CÁRMEN LÚCIA: CIRCUNSTÂNCIA, LEGISLAÇÃO MUNICIPAL, DISCIPLINA, MODALIDADE, TRANSPORTE COLETIVO, AUSÊNCIA, AUTORIZAÇÃO, LEI FEDERAL, IMPOSSIBILIDADE, RESULTADO, CONVALIDAÇÃO, INTERMÉDIO, COMPORTAMENTO, ESTADO-MEMBRO.

Referências Legislativas

  • LEG-FED CF ANO-1988 ART- 00021 INC-00020 ART- 00022 INC-00011 PAR- ÚNICO ART- 00023 ART- 00103 INC-00009 CF-1988 CONSTITUIÇÃO FEDERAL
  • LEG-FED LEI- 009868 ANO-1999 ART-00012 LEI ORDINÁRIA
  • LEG-EST LEI-012618 ANO-1997 ART-00001 ART-00002 ART-00003 ART-00004 ART-00005 LEI ORDINÁRIA, MG
  • LEG-FED ETT ART- 00002 INC-00006 ART- 00005 PAR-00002 ESTATUTO SOCIAL DA CONFEDERAÇÃO NACIONAL DO TRANSPORTE CNT

Observações

-Acórdãos citados: ADI 1912 (RTJ 170 /113), ADI 2606 (RTJ 185 /568). Número de páginas: 24. Análise: 30/11/2006, AAC. Revisão: 11/01/2007, JBM.
Disponível em: https://stf.jusbrasil.com.br/jurisprudencia/760117/acao-direta-de-inconstitucionalidade-adi-3136-mg-0000462-8320040010000

Informações relacionadas

Tribunal de Justiça de Minas Gerais TJ-MG - Apelação Cível: AC XXXXX70087548002 MG

Tribunal de Justiça de São Paulo TJ-SP - Agravo de Instrumento: AI XXXXX-26.2019.8.26.0000 SP XXXXX-26.2019.8.26.0000

Supremo Tribunal Federal
Jurisprudênciaano passado

Supremo Tribunal Federal STF - AÇÃO DIRETA DE INCONSTITUCIONALIDADE: ADI 5337 DF

Supremo Tribunal Federal
Jurisprudênciahá 16 anos

Supremo Tribunal Federal STF - AÇÃO DIRETA DE INCONSTITUCIONALIDADE: ADI 3136 MG

Supremo Tribunal Federal
Jurisprudênciahá 23 anos

Supremo Tribunal Federal STF - AÇÃO DIRETA DE INCONSTITUCIONALIDADE: ADI 1912 RJ