jusbrasil.com.br
18 de Maio de 2022
  • 2º Grau
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Supremo Tribunal Federal STF - RECURSO EXTRAORDINÁRIO: RE 460880 RS

Supremo Tribunal Federal
há 14 anos
Detalhes da Jurisprudência
Processo
RE 460880 RS
Órgão Julgador
Primeira Turma
Partes
LAURO SILVEIRA MACIEL, RICARDO CUNHA MARTINS E OUTRO(A/S), EDGAR PACHECO GRAVANA, OLÍMPIO SIMÕES PIRES, MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL
Publicação
DJe-036 DIVULG 28-02-2008 PUBLIC 29-02-2008 EMENT VOL-02309-03 PP-00567
Julgamento
25 de Setembro de 2007
Relator
MARCO AURÉLIO
Documentos anexos
Inteiro TeorRE_460880_RS-_25.09.2007.pdf
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Ementa

DOMICÍLIO - INVIOLABILIDADE NOTURNA - CRIME DE RESISTÊNCIA - AUSÊNCIA DE CONFIGURAÇÃO.

A garantia constitucional do inciso XI do artigo da Carta da Republica, a preservar a inviolabilidade do domicílio durante o período noturno, alcança também ordem judicial, não cabendo cogitar de crime de resistência.

Decisão

A Turma conheceu do recurso extraordinário e lhe deu provimento, nos termos do voto do Relator. Unânime. 1ª. Turma, 25.09.2007.

Resumo Estruturado

- VIDE EMENTA.

Referências Legislativas

Observações

N.PP.: 8. Análise: 11/03/2008, NAL.
Disponível em: https://stf.jusbrasil.com.br/jurisprudencia/755921/recurso-extraordinario-re-460880-rs

Informações relacionadas

Supremo Tribunal Federal
Jurisprudênciahá 14 anos

Supremo Tribunal Federal STF - RECURSO EXTRAORDINÁRIO: RE 460880 RS

Supremo Tribunal Federal STF - RECURSO EXTRAORDINÁRIO: RE 460880 RS

Doutrina2021 Editora Revista dos Tribunais

Capítulo 22. Resistência (Art. 329)