jusbrasil.com.br
7 de Agosto de 2022
  • 2º Grau
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Supremo Tribunal Federal STF - HABEAS CORPUS: HC 71097 PR

Supremo Tribunal Federal
há 26 anos

Detalhes da Jurisprudência

Processo

Órgão Julgador

PRIMEIRA TURMA

Partes

DIANOR JOCO RIEDI, DIANOR JACO RIEDI, SERGIO ANToNIO MEDA, SUPERIOR TRIBUNAL DE JUSTIÇA

Publicação

Julgamento

Relator

SYDNEY SANCHES

Documentos anexos

Inteiro TeorHC_71097_PR-_13.02.1996.pdf
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Ementa

- DIREITO CONSTITUCIONAL, CIVIL, PROCESSUAL CIVIL E PENAL. PENHOR MERCANTIL. DEPOSITO IRREGULAR: COISA FUNGIVEL. DEPOSITARIO INFIEL. PRISÃO. "HABEAS CORPUS": cabimento contra acórdão do Superior Tribunal de Justiça em Recurso Especial cível. Alegação de constrangimento ilegal.

1. E cabivel pedido de "Habeas Corpus", contra acórdão do Superior Tribunal de Justiça, que não conhece de Recurso Especial, se na impetração se alega que dessa decisão, por ma interpretação de seus pressupostos (art. 105, I, a e c, da C.F.), resultou constrangimento ilegal a liberdade de locomoção.
2. Compete, originariamente, ao Supremo Tribunal Federal, processar e julgar tal pedido (art. 102, i, i, da C.F.).
3. "Não nega vigencia ao art. 1.280 do C. Civil o entendimento de que a remissão que esse dispositivo faz aos artigos 1.256 e 1.264 do mesmo Código não transforma o deposito irregular em mutuo" (RTJ 95/705).
4. "Uma vez celebrado o penhor mercantil e nomeado depositario para os bens respectivos, a aceitação do encargo faz presumir a tradição dos objetos dados em garantia e a falta de sua entrega caracterizara a infidelidade do depositario, que assim fica sujeito as sanções previstas" (R.T. 476/235).
5. Mesmo em se tratando de deposito de coisa fungivel, o depositario infiel pode ter sua prisão decretada.
6. Constrangimento ilegal não caracterizado.
7. "Habeas Corpus" indeferido.

Acórdão

HC 75900 ANO-1998 UF-MG TURMA-01 N.PP-017 Min. ILMAR GALVÃO DJ 21-08-1998 PP-00002 EMENT VOL-01919-01 PP-00022

Resumo Estruturado

PP0183, HABEAS CORPUS, CABIMENTO, DECISÃO, (STJ), RECURSO ESPECIAL , (CÍVEL), CONHECIMENTO, AUSÊNCIA, ALEGAÇÃO, CONSTRANGIMENTO , ILEGAL, LIBERDADE, LOCOMOÇÃO, MANUTENÇÃO, PRISÃO CIVIL, , DEPOSITARIO INFIEL CV0112, DEPOSITARIO INFIEL, PRISÃO CIVIL, PENHOR MERCANTIL, COISA , FUNGIVEL, DECISÃO, AUSÊNCIA, NEGATIVA, VIGENCIA, CÓDIGO , CIVIL, CONSTRANGIMENTO ILEGAL, INOCORRENCIA

Referências Legislativas

Observações

VOTAÇÃO: UNÂNIME. RESULTADO: INDEFERIMENTO. VEJA RE-86257, RTJ-95/705, RE-140752, RHC-58475, RTJ-97/595. N.PP.:. ANALISE:( LMS). REVISÃO:(NCS). INCLUSAO : 11.04.96, (ARL). Alteração: 02/09/98, (SVF).
Disponível em: https://stf.jusbrasil.com.br/jurisprudencia/744662/habeas-corpus-hc-71097-pr

Informações relacionadas

Superior Tribunal de Justiça
Jurisprudênciahá 22 anos

Superior Tribunal de Justiça STJ - RECURSO ESPECIAL: REsp XXXXX GO 1998/XXXXX-7

Supremo Tribunal Federal
Jurisprudênciahá 18 anos

Supremo Tribunal Federal STF - HABEAS CORPUS: HC 83468 ES

Supremo Tribunal Federal
Jurisprudênciahá 15 anos

Supremo Tribunal Federal STF - HABEAS CORPUS: HC 89958 SP

Tribunal de Justiça do Paraná
Jurisprudênciahá 24 anos

Tribunal de Justiça do Paraná TJ-PR - Apelação Cível: AC XXXXX PR Apelação Cível - 0122726-5

Supremo Tribunal Federal
Jurisprudênciahá 18 anos

Supremo Tribunal Federal STF - EMB.DECL.NO HABEAS CORPUS: HC-ED 83468 ES