jusbrasil.com.br
26 de Junho de 2022
  • 2º Grau
  • Controle Concentrado de Constitucionalidade
  • Decisão de mérito
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Supremo Tribunal Federal STF - AÇÃO DIRETA DE INCONSTITUCIONALIDADE: ADI 815 DF

Supremo Tribunal Federal
há 26 anos

Detalhes da Jurisprudência

Processo

ADI 815 DF

Órgão Julgador

Tribunal Pleno

Partes

REQTE. : GOVERNADOR DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL

Publicação

10/05/1996

Julgamento

28 de Março de 1996

Relator

MOREIRA ALVES

Documentos anexos

Inteiro TeorADI_815_DF-_28.03.1996.pdf
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Ementa

- Ação direta de inconstitucionalidade. Parágrafos 1º e do artigo 45 da Constituição Federal - A tese de que há hierarquia entre normas constitucionais originárias dando azo à declaração de inconstitucionalidade de umas em face de outras e incompossível com o sistema de Constituição rígida - Na atual Carta Magna "compete ao Supremo Tribunal Federal, precipuamente, a guarda da Constituição" (artigo 102, "caput"), o que implica dizer que essa jurisdição lhe é atribuída para impedir que se desrespeite a Constituição como um todo, e não para, com relação a ela, exercer o papel de fiscal do Poder Constituinte originário, a fim de verificar se este teria, ou não, violado os princípios de direito suprapositivo que ele próprio havia incluído no texto da mesma Constituição - Por outro lado, as cláusulas pétreas não podem ser invocadas para sustentação da tese da inconstitucionalidade de normas constitucionais inferiores em face de normas constitucionais superiores, porquanto a Constituição as prevê apenas como limites ao Poder Constituinte derivado ao rever ou ao emendar a Constituição elaborada pelo Poder Constituinte originário, e não como abarcando normas cuja observância se impôs ao próprio Poder Constituinte originário com relação as outras que não sejam consideradas como cláusulas pétreas, e, portanto, possam ser emendadas. Ação não conhecida por impossibilidade jurídica do pedido.

Acórdão

Por votação unânime, o Tribunal não conheceu da ação, por impossibilidade juridica do pedido. Votou o Presidente. Ausentes, justificadamente, os Ministros Néri da Silveira e Francisco Rezek. Plenário, 28.03.1996.

Resumo Estruturado

CT1152, AÇÃO DIRETA DE INCONSTITUCIONALIDADE, DISPOSITIVO CONSTITUCIONAL, IMPOSSIBILIDADE JURÍDICA, PRINCÍPIO DA UNIDADE DA CONSTITUIÇÃO, OBSERVANCIA

Referências Legislativas

Observações

Número de páginas: (17) ANÁLISE:(KCC) REVISÃO:(NCS) INCLUSÃO: 17.05.96, (NT) ALTERAÇÃO: 04.07.96, (NT) Alteração: 15/03/2011, (LCG).
Disponível em: https://stf.jusbrasil.com.br/jurisprudencia/744338/acao-direta-de-inconstitucionalidade-adi-815-df

Informações relacionadas

Rede de Ensino Luiz Flávio Gomes
Notíciashá 11 anos

O Supremo Tribunal Federal admite a tese das normas constitucionais inconstitucionais? - Denise Cristina Mantovani Cera

Débora Chaim, Bacharel em Direito
Artigoshá 2 anos

Análise da Ação Direta de Inconstitucionalidade(ADI), n° 815-3, nº4097

Supremo Tribunal Federal
Jurisprudênciahá 26 anos

Supremo Tribunal Federal STF - AÇÃO DIRETA DE INCONSTITUCIONALIDADE: ADI 815 DF

Ricardo Fausto Becker, Advogado
Artigoshá 6 anos

A técnica de ponderação dos princípios constitucionais

Francieli Ataíde, Bacharel em Direito
Artigoshá 4 anos

Entenda a diferença entre maioria absoluta, maioria simples e maioria qualificada