jusbrasil.com.br
11 de Agosto de 2022
  • 2º Grau
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Supremo Tribunal Federal STF - HABEAS CORPUS: HC 74780 RJ

Supremo Tribunal Federal
há 25 anos

Detalhes da Jurisprudência

Processo

Órgão Julgador

Segunda Turma

Partes

EDISON GONZAGA DE OLIVEIRA, LUIZ CARLOS DA SILVA NETO, TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO

Publicação

Julgamento

Relator

MAURÍCIO CORRÊA

Documentos anexos

Inteiro TeorHC_74780_RJ-_11.11.1997.pdf
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Ementa

HABEAS-CORPUS. ATENTANDO VIOLENTO AO PUDOR. VIOLÊNCIA PRESUMIDA: VÍTIMA MENOR DE 14 ANOS. ACRÉSCIMO DE METADE DA PENA (ART. DA LEI Nº 8.072/90). INOCORRÊNCIA DE BIS IN IDEM.

1. Paciente condenado à pena mínima de 7 anos e 6 meses de reclusão por atentado violento ao pudor ( CP, art. 214) praticado contra menor com nove anos de idade ( CP, art. 224, I: violência presumida) e sob o seu pátrio poder ( CP, art. 226, II). Pena acrescida de metade, com base no art. da Lei dos Crimes Hediondos (Lei nº 8.072/90): "As penas fixadas no art. para os crimes capitulados nos arts. 213 e ... 214 e sua combinação com o art. 223, parágrafo único ... do Código Penal, são acrescidos de metade ... estando a vítima em qualquer das hipóteses referidas no art. 224 também do Código Penal." 2. A particular situação da vítima, de não ser maior de 14 anos, é utilizada tanto para presumir a violência como para aumentar a pena de metade: no primeiro caso é circunstância elementar do tipo penal codificado (art. 214) e no segundo é causa de aumento da pena prevista na lei extravagante (art. da LCH). 3. Os crimes de estupro e atentado violento ao pudor independem da idade da vítima, que pode ser menor ou maior de 14 anos, sendo que os tipos penais exigem que tenha ocorrido violência presumida ou real, ao passo que o agravamento previsto no art. da Lei dos Crimes Hediondos aplica-se ao caso, entre outros, em que a vítima é menor de 14 anos. Não ocorrência de bis in idem. Precedentes. 3. Habeas-corpus conhecido, mas indeferido.

Acórdão

HC 77254 ANO-1998 UF-SP TURMA-01 N.PP-008 Min. ILMAR GALVÃO DJ 12-03-1999 PP-00003 EMENT VOL-01942-01 PP-00182 HC 77871 ANO-1998 UF-SP TURMA-01 N.PP-009 Min. OCTAVIO GALLOTTI DJ 16-04-1999 PP-00005 EMENT VOL-01946-03 PP-00560 HC 77480 ANO-1998 UF-SP TURMA-02 N.PP-019 Min. ILMAR GALVÃO DJ 07-05-1999 PP-00002 EMENT VOL-01949-01 PP-00157 HC 78229 ANO-1999 UF-RJ TURMA-02 N.PP-008 Min. CARLOS VELLOSO DJ 07-05-1999 PP-00003 EMENT VOL-01949-01 PP-00283

Resumo Estruturado

PN0010 , PENA, FIXAÇÃO, ACRÉSCIMO, ATENTADO VIOLENTO AO PUDOR, VIOLÊNCIA, PRESUNÇÃO, LEI DOS CRIMES HEDIONDOS, APLICAÇÃO, BIS IN IDEM, INOCORRÊNCIA

Referências Legislativas

Observações

Votação: Unânime. Resultado: CONHECIDO E INDEFERIDO. VEJA HC-71011, HC-72528, HC-74074, HC-74487, HC-74250. N.PP.:. Análise:(KCC). Revisão:(AAF). Inclusão: 11/02/98, (MLR). Alteração: 21/07/99, (MLR).
Disponível em: https://stf.jusbrasil.com.br/jurisprudencia/741740/habeas-corpus-hc-74780-rj

Informações relacionadas

Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul
Jurisprudênciahá 4 anos

Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul TJ-RS - Apelação Crime: ACR XXXXX RS

Tribunal de Justiça de Goiás
Jurisprudênciahá 6 anos

Tribunal de Justiça de Goiás TJ-GO - APELACAO CRIMINAL: APR XXXXX20158090017

Jurisprudênciahá 7 anos

Tribunal de Justiça do Pará TJ-PA - Recurso em Sentido Estrito: RSE XXXXX-97.2012.8.14.0051 BELÉM

Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios TJ-DF: XXXXX-48.2008.8.07.0003 - Segredo de Justiça XXXXX-48.2008.8.07.0003

Tribunal de Justiça de Goiás
Jurisprudênciahá 5 anos

Tribunal de Justiça de Goiás TJ-GO - APELACAO CRIMINAL: APR XXXXX-71.2015.8.09.0115