jusbrasil.com.br
10 de Agosto de 2022
  • 2º Grau
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Supremo Tribunal Federal STF - RECURSO EXTRAORDINÁRIO: RE 91833

Supremo Tribunal Federal
há 42 anos

Detalhes da Jurisprudência

Processo

Órgão Julgador

SEGUNDA TURMA

Publicação

Julgamento

Relator

DECIO MIRANDA

Documentos anexos

Inteiro TeorRE_91833_14.10.1980.pdf
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Ementa

PROCESSUAL CIVIL. PRAZO PARA RECORRER. CONTA-SE EM DOBRO, SE OS LITISCONSORTES TIVEREM DIFERENTES PROCURADORES ( CPC, ART. 191). A EXISTÊNCIA DE DIFERENTES PROCURADORES VERIFICA-SE PELOS LITISCONSORTES PRESENTES NO PROCESSO, E NÃO PELOS LITISCONSORTES PRESENTES NO RECURSO. NO CASO DOS AUTOS, TENDO O MESMO PROCURADOR DOIS DOS EMBARGANTES DA CONCORDATA, QUE VIERAM A RECORRER DA REJEIÇÃO DOS EMBARGOS, NEM POR ISSO SE LHES DEIXARIA DE CONTAR EM DOBRO O PRAZO PARA ESSE RECURSO, SE OUTROS EMBARGANTES, QUE DEIXARAM DE RECORRER, TINHAM PROCURADORES DIFERENTES DOS DAQUELES.

Resumo Estruturado

NINF

Observações

DOCUMENTO INCLUIDO SEM REVISÃO DO STF ANO:** AUD:31-10-1980
Disponível em: https://stf.jusbrasil.com.br/jurisprudencia/736336/recurso-extraordinario-re-91833