jusbrasil.com.br
24 de Janeiro de 2022
2º Grau
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Supremo Tribunal Federal STF - RECURSO EXTRAORDINÁRIO : RE 1001951-97.2017.8.26.0266 SP - SÃO PAULO

Supremo Tribunal Federal
há 3 anos
Detalhes da Jurisprudência
Partes
RECTE.(S) : ESTADO DE SÃO PAULO, RECTE.(S) : SÃO PAULO PREVIDÊNCIA, RECTE.(S) : SANDRA REGINA APARECIDA MURCIA XAVIER, RECDO.(A/S) : OS MESMOS
Publicação
DJe-271 18/12/2018
Julgamento
11 de Dezembro de 2018
Relator
Min. DIAS TOFFOLI
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Decisão

Despacho: Vistos. O Plenário do Supremo Tribunal Federal, em sessão realizada por meio eletrônico, reconheceu a repercussão geral da matéria suscitada no presente recurso extraordinário. O acórdão desse julgamento está assim ementado: “SERVIDOR PÚBLICO. ATIVIDADES DE RISCO. APOSENTADORIA. PROVENTOS. INTEGRALIDADE E PARIDADE REMUNERATÓRIA. REGRAS DE TRANSIÇÃO DAS EMENDAS CONSTITUCIONAIS NºS 41/03 E 47/05. PRESENÇA DE REPERCUSSÃO GERAL.” A norma do art. 323, § 1º, do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal, com a redação da Emenda Regimental nº 42/2010, dispõe que, após reconhecida a existência de repercussão geral, nos processos em que o Presidente atuou como relator, far-se-á livre distribuição do feito para o julgamento de mérito. Ante o exposto, determino a distribuição livre do feito. Publique-se. Brasília, 11 de dezembro de 2018. Ministro Dias Toffoli Presidente Documento assinado digitalmente
Disponível em: https://stf.jusbrasil.com.br/jurisprudencia/661786401/recurso-extraordinario-re-1162672-sp-sao-paulo

Informações relacionadas

Francisco Dsousa, Advogado
Artigoshá 10 meses

Tema 1019 – STF. Paridade e Integralidade. Policial Civil

Supremo Tribunal Federal
Jurisprudênciahá 3 anos

Supremo Tribunal Federal STF - RECURSO EXTRAORDINÁRIO : RE 1001951-97.2017.8.26.0266 SP - SÃO PAULO

Doutrina2019 Editora Revista dos Tribunais

Como Aprimorar o Funcionamento da Repercussão Geral? Um Diálogo com Luís Roberto Barroso e Frederico Montedonio Rego