jusbrasil.com.br
25 de Maio de 2022
  • 2º Grau
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Supremo Tribunal Federal STF - RECURSO EXTRAORDINÁRIO: RE 562980 SC

Supremo Tribunal Federal
há 13 anos
Detalhes da Jurisprudência
Processo
RE 562980 SC
Partes
MIN. MARCO AURÉLIO, UNIÃO, PROCURADORIA-GERAL DA FAZENDA NACIONAL, IMPRIMAX LTDA, CÉLIO ARMANDO JANCZESKI
Publicação
DJe-109 DIVULG 12/06/2009 PUBLIC 15/06/2009
Julgamento
2 de Junho de 2009
Relator
RICARDO LEWANDOWSKI
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Decisão

Petição 56431/2009-STF. O advogado ROGÉRIO MACEDO DE QUEIROZ requer a retirada de cópias de peças destes autos “tendo em vista o interesse na matéria” (fl. 267). Decido. O art. , XIII, da Lei 8.906/94 estabelece que é direito do advogado “examinar, em qualquer órgão dos Poderes Judiciário e Legislativo, ou da Administração Pública em geral, autos de processos findos ou em andamento, mesmo sem procuração, quando não estejam sujeitos a sigilo, assegurada a obtenção de cópias, podendo tomar apontamentos”. Observo, no entanto, que o requerente não representa nenhuma das partes do presente processo, o que impede seja deferida vista dos autos fora de cartório ou secretaria de Tribunal (art. 40, I, do CPC). Isso posto, defiro o pedido de extração de cópias em cartório. Publique-se. Brasília, 2 de junho de 2009. Ministro RICARDO LEWANDOWSKI - Relator - 1

Referências Legislativas

Observações

Legislação feita por:(ESB).
Disponível em: https://stf.jusbrasil.com.br/jurisprudencia/4358227/recurso-extraordinario-re-562980

Informações relacionadas

Tribunal Regional Federal da 5ª Região
Jurisprudênciaano passado

Tribunal Regional Federal da 5ª Região TRF-5 - APELAÇÃO / REMESSA NECESSÁRIA: ApelRemNec 0815474-30.2020.4.05.8300

Supremo Tribunal Federal
Jurisprudênciahá 13 anos

Supremo Tribunal Federal STF - RECURSO EXTRAORDINÁRIO: RE 562980 SC

Supremo Tribunal Federal
Notíciashá 9 anos

Acórdão: do julgamento até a publicação no Diário da Justiça