jusbrasil.com.br
25 de Junho de 2022
  • 2º Grau
  • Repercussão Geral
  • Decisão de Admissibilidade
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Supremo Tribunal Federal STF - REPERCUSSÃO GERAL NO RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO: ARE 709212 DF

Supremo Tribunal Federal
há 9 anos

Detalhes da Jurisprudência

Processo

ARE 709212 DF

Órgão Julgador

Tribunal Pleno

Partes

RECTE.(S) : BANCO DO BRASIL S/A, RECDO.(A/S) : ANA MARIA MOVILLA DE PIRES E MARCONDES

Publicação

27/05/2013

Julgamento

25 de Outubro de 2012

Relator

GILMAR MENDES

Documentos anexos

Inteiro TeorSTF_RG-ARE_709212_6050c.pdf
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Ementa

Decisão

O Tribunal, por maioria, reputou constitucional a questão, vencido o Ministro Marco Aurélio. Não se manifestou o Ministro Joaquim Barbosa. O Tribunal, por maioria, reconheceu a existência de repercussão geral da questão constitucional suscitada, vencido o Ministro Marco Aurélio. Não se manifestou o Ministro Joaquim Barbosa. Ministro GILMAR MENDES Relator

Acórdão

Decisão: O Tribunal, por maioria, reputou constitucional a questão, vencido o Ministro Marco Aurélio. Não se manifestou o Ministro Joaquim Barbosa. O Tribunal, por maioria, reconheceu a existência de repercussão geral da questão constitucional suscitada, vencido o Ministro Marco Aurélio. Não se manifestou o Ministro Joaquim Barbosa. Ministro GILMAR MENDES Relator

Referências Legislativas

Observações

REPERCUSSÃO GERAL - MÉRITO JULGADO - Acórdão (s) citado (s): (FGTS, PRAZO PRESCRICIONAL) RE 522897 (TP). - Veja RR 39600-32.2007.5.10.0017 do TST. Número de páginas: 8. Análise: 13/06/2013, AAT. Revisão: 22/07/2013, IMC.
Disponível em: https://stf.jusbrasil.com.br/jurisprudencia/311629222/repercussao-geral-no-recurso-extraordinario-com-agravo-are-709212-df

Informações relacionadas

Alice Saldanha Villar, Advogado
Artigoshá 7 anos

O novo prazo prescricional da cobrança de valores não depositados no FGTS

Gustavo Borceda, Advogado
Artigoshá 8 anos

A nova ação revisional do FGTS e o novo prazo de prescrição

Do direito do cônjuge ou companheiro à meação sobre os depósitos do FGTS e/ou do PIS-PASEP realizados durante a constância do casamento ou da união estável.

Petição Inicial - TRT05 - Ação Reclamação Trabalhista - Rot - contra Municipio de Ilheus

Bonin Silva Ribeiro Advocacia             , Advogado
Modeloshá 2 anos

Réplica à Contestação Trabalhista