jusbrasil.com.br
28 de Junho de 2022
  • 2º Grau
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Supremo Tribunal Federal STF - MEDIDA CAUTELAR NA AÇÃO DIRETA DE INCONSTITUCIONALIDADE: ADI 1835 SC

Supremo Tribunal Federal
há 22 anos

Detalhes da Jurisprudência

Processo

ADI 1835 SC

Órgão Julgador

Tribunal Pleno

Partes

REQTE. : GOVERNADOR DO ESTADO DE SANTA CATARINA

Publicação

04/02/2000

Julgamento

13 de Agosto de 1998

Relator

SEPÚLVEDA PERTENCE

Documentos anexos

Inteiro TeorADI-MC_1835_SC-_13.08.1998.pdf
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Ementa

Processo legislativo: emenda parlamentar a projeto de lei de iniciativa reservada ao Poder Judiciário.

1. A reserva de iniciativa a outro Poder não implica vedação de emenda de origem parlamentar desde que pertinente à matéria da proposição, não acarrete aumento de despesa, salvo se este, independentemente do dispêndio, de qualquer modo adviria da aplicação direta de norma da Constituição, como, no caso, a que impõe a extensão aos inativos do aumento de vencimentos concedido, segundo o projeto inicial, aos correspondentes servidores da ativa: implausível a alegação de inconstitucionalidade, indefere-se a liminar.
2. Liminar deferida, contudo, no ponto em que, por emenda parlamentar, se estendeu o aumento a cargos diversos, aí, vencido o relator.

Acórdão

O Tribunal, por maioria, deferiu o pedido de medida cautelar para suspender, até a decisão final da ação direta, com eficácia ex nunc, a vingência da expressão "e extrajudiciais", constante do parágrafo único do art. 1º da Lei Complementar nº 164, de 31/3/1998, do Estado de Santa Catarina, vencido o Ministro Sepúlveda Pertence (Relator), que o indeferia. E, com relação à parte restante dese texto, o Tribunal, por unanimidade, indeferiu o pedido de medida cautelar. Votou o Presidente. Ausente, justificadamente, os Ministros Carlos Velloso e Celso de Mello, Presidente. Presidiu o julgamento o Ministro Moreira Alves. Plenário, 13.8.98.

Resumo Estruturado

AD0258 , SERVENTIA DE JUSTIÇA, APOSENTADORIA, PROVENTOS, SERVIDOR PÚBLICO, REAJUSTAMENTO, EXTENSÃO, SUSPENSÃO, MEDIDA CAUTELAR, DEFERIMENTO PC4459 , MEDIDA CAUTELAR, PODER JUDICIÁRIO, LEI, INICIATIVA, COMPETÊNCIA, EXCLUSIVIDADE, SERVIDOR PÚBLICO, VENCIMENTOS, AUMENTO, EMENDA PARLAMENTAR, INATIVOS, EXTENSÃO, PRESSUPOSTOS, INOCORRÊNCIA

Referências Legislativas

Observações

Veja : ADI 352 MC, RTJ-133/1044, ADI 680 MC, RTJ-141/416. Número de páginas: (18). Análise:(CTM). Revisão:(RCO/AAF). Inclusão: 10/03/00, (SVF). Alteração: 17/02/2017, RFP. Alteração: 18/08/2017, JRM.
Disponível em: https://stf.jusbrasil.com.br/jurisprudencia/2868076/medida-cautelar-na-acao-direta-de-inconstitucionalidade-adi-1835-sc

Informações relacionadas

Supremo Tribunal Federal
Jurisprudênciahá 8 anos

Supremo Tribunal Federal STF - AÇÃO DIRETA DE INCONSTITUCIONALIDADE: ADI 1835 SC

Supremo Tribunal Federal
Jurisprudênciahá 11 anos

Supremo Tribunal Federal STF - AG.REG. NO RECURSO EXTRAORDINÁRIO: RE 633802 GO

Supremo Tribunal Federal
Jurisprudênciahá 22 anos

Supremo Tribunal Federal STF - MEDIDA CAUTELAR NA AÇÃO DIRETA DE INCONSTITUCIONALIDADE: ADI 2079 SC

Rafael Ioriatti da Silva, Advogado
Artigoshá 7 anos

Emenda parlamentar e aumento de despesa com pessoal

Supremo Tribunal Federal
Jurisprudênciahá 8 anos

Supremo Tribunal Federal STF - AG.REG. NO RECURSO EXTRAORDINÁRIO: RE 701546 PA