jusbrasil.com.br
10 de Agosto de 2022
  • 2º Grau
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Supremo Tribunal Federal STF - RECURSO EXTRAORDINÁRIO: RE XXXXX GO

Supremo Tribunal Federal
há 8 anos

Detalhes da Jurisprudência

Processo

Partes

UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS - UFGO, PROCURADOR-GERAL FEDERAL, TIAGO MACEDO DOS SANTOS, JOSÉ DE OLIVEIRA BARROS FILHO, UNIÃO, ADVOGADO-GERAL DA UNIÃO

Publicação

Julgamento

Relator

Min. RICARDO LEWANDOWSKI
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Decisão

Petição 37849/2013-STF. A União, em petição fundamentada, requer seu ingresso no feito na qualidade de amicus curiae. No caso, trata-se de recurso extraordinário interposto contra acórdão que entendeu ser ilegítima a cobrança de mensalidade, por instituição pública de ensino, em curso de pós-graduação lato sensu, tendo em vista a garantia constitucional de gratuidade de ensino público, prevista art. 206, IV, da CF. É o breve relatório. Decido. De acordo com o § 6º do art. 543-A do Código de Processo Civil: “O Relator poderá admitir, na análise da repercussão geral, a manifestação de terceiros, subscrita por procurador habilitado, nos termos do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal”. Por sua vez, o § 2º do art. 323 do RISTF assim disciplinou a matéria: “Mediante decisão irrecorrível, poderá o (a) Relator (a) admitir de ofício ou a requerimento, em prazo que fixar, a manifestação de terceiros, subscrita por procurador habilitado, sobre a questão da repercussão geral”. A esse respeito, assim se manifestou o eminente Min. Celso de Mello, Relator, no julgamento da ADI 3.045/DF: “a intervenção do amicus curiae, para legitimar-se, deve apoiar-se em razões que tornem desejável e útil a sua atuação processual na causa, em ordem a proporcionar meios que viabilizem uma adequada resolução do litígio constitucional”. Verifico que a requerente atende aos requisitos necessários para participar desta ação na qualidade de amicus curiae. Isso posto, defiro o pedido. Publique-se. Brasília, 11 de novembro de 2014.Ministro RICARDO LEWANDOWSKI- Relator -
Disponível em: https://stf.jusbrasil.com.br/jurisprudencia/25314886/recurso-extraordinario-re-597854-go-stf

Informações relacionadas

Contraminuta - TJSP - Ação Ambiental - Agravo de Instrumento - de Associação dos Sitiantes e Moradores do Rio Bonito e Adjacencias (Asimoriboa contra Estado de São Paulo

Petição (Outras) - TJSP - Ação Atos Administrativos - Direta de Inconstitucionalidade

Petição - Ação Atos Administrativos