jusbrasil.com.br
25 de Junho de 2022
  • 2º Grau
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Supremo Tribunal Federal STF - INQUÉRITO: Inq 2984 DF

Supremo Tribunal Federal
há 9 anos

Detalhes da Jurisprudência

Processo

Inq 2984 DF

Órgão Julgador

Tribunal Pleno

Partes

MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL, PROCURADOR-GERAL DA REPÚBLICA, EDUARDO COSENTINO DA CUNHA, ALEXANDRE DE MORAES E OUTRO(A/S)

Publicação

ACÓRDÃO ELETRÔNICO DJe-187 DIVULG 23-09-2013 PUBLIC 24-09-2013

Julgamento

21 de Março de 2013

Relator

Min. GILMAR MENDES

Documentos anexos

Inteiro TeorINQ_2984_DF_1387971283152.pdf
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Ementa

Inquérito. Denúncia oferecida pelo Ministério Público Federal contra Deputado Federal. Suposta prática de uso de documentos falsos (arts. 304 c/c 297, ambos do Código Penal).

3. Apresentação de documentos falsos no bojo de processo administrativo em curso no Tribunal de Contas do Estado do Rio de Janeiro (TCE-RJ nº 106.777-0/00). Falsidade atestada por exame grafotécnico.
4. Existência de lastro probatório mínimo para a instauração de persecução penal. Presença de indícios de autoria e materialidade delitiva.
5. Denúncia recebida.

Decisão

O Tribunal, por maioria e nos termos do voto do Relator, recebeu a denúncia, vencidos os Ministros Luiz Fux, Dias Toffoli e Ricardo Lewandowski. Votou o Presidente, Ministro Joaquim Barbosa. Ausente, justificadamente, o Ministro Celso de Mello. Falaram,pelo Ministério Público Federal, o Procurador-Geral da República, Dr. Roberto Monteiro Gurgel Santos e, pelo denunciado, o Dr. Alexandre de Moraes. Plenário, 21.03.2013.

Resumo Estruturado

- RECEBIMENTO, DENÚNCIA. SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL (STF), ENTENDIMENTO, ETAPA, RECEBIMENTO, DENÚNCIA, IMPORTÂNCIA, ASSEGURAMENTO, DIREITO FUNDAMENTAL, DENUNCIADO. RECEBIMENTO, DENÚNCIA, IMPUTAÇÃO DE CRIME, DESCABIMENTO, ORIGEM, AÇÃO PENAL, CARACTERIZAÇÃO, OFENSA, PRINCÍPIO DA DIGNIDADE DA PESSOA HUMANA, PROIBIÇÃO, TRANSFORMAÇÃO, PESSOA NATURAL, OBJETO, PROCESSO. CASO CONCRETO, EXISTÊNCIA, JUSTA CAUSA, DENÚNCIA, DESCRIÇÃO, CONDUTA TÍPICA, INDICAÇÃO, EXISTÊNCIA, ELEMENTO SUBJETIVO, SUFICIÊNCIA, ADMISSIBILIDADE, DENÚNCIA. MATÉRIA DE FATO, EXISTÊNCIA, DOLO, ESCLARECIMENTO, ETAPA, INSTRUÇÃO CRIMINAL. - FUNDAMENTAÇÃO COMPLEMENTAR, MIN. MARCO AURÉLIO: RECEBIMENTO, DENÚNCIA. RÉU, TESTEMUNHA, ACUSAÇÃO, DIVERSIDADE, PROCESSO PENAL, APURAÇÃO, FALSIFICAÇÃO, DOCUMENTO PÚBLICO, INDICAÇÃO, RÉU, CONHECIMENTO, FALSIDADE DOCUMENTAL. - VOTO VENCIDO, MIN. LUIZ FUX: REJEIÇÃO, DENÚNCIA, INEXISTÊNCIA, ELEMENTO SUBJETIVO, TIPO PENAL. CONDUTA, DESCRIÇÃO, DENÚNCIA, AUSÊNCIA, INDICAÇÃO, EXISTÊNCIA, MÁ-FÉ, USO, DOCUMENTO. RÉU, TESTEMUNHA, ACUSAÇÃO, COLABORAÇÃO, INSTRUÇÃO CRIMINAL, CONTRARIEDADE, CORRÉU, DECLARAÇÃO, RÉU, AUSÊNCIA, CONHECIMENTO, FALSIDADE DOCUMENTAL, CARACTERIZAÇÃO, INCOMPATIBILIDADE, DOLO. - VOTO VENCIDO, MIN. RICARDO LEWANDOWSKI: REJEIÇÃO, DENÚNCIA, INEXISTÊNCIA, ELEMENTO SUBJETIVO, TIPO PENAL. CRIME, USO, DOCUMENTO FALSO, INEXISTÊNCIA, FORMA, CONDUTA CULPOSA. OCORRÊNCIA, ARQUIVAMENTO, INQUÉRITO POLICIAL, AÇÃO CIVIL PÚBLICA, IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA, CONTRARIEDADE, RÉU.

Referências Legislativas

Observações

- Acórdão (s) citado (s): (APRECIAÇÃO, DOLO, RECEBIMENTO, DENÚNCIA) Inq 3016 (TP), INQ 2126 (TP), INQ 1512 (TP). - Veja Processo Administrativo 106.777-0/00 do TCE-RJ. Número de páginas: 26. Análise: 14/10/2013, IVA.
Disponível em: https://stf.jusbrasil.com.br/jurisprudencia/24806870/inquerito-inq-2984-df-stf

Informações relacionadas

Carmem Ramos, Advogado
Artigoshá 6 anos

Crimes Contra a Fé Pública:Falsificação de documento público, Falsificação de documento particular, Falsidade Ideológica e Falsidade de atestado médico.

Jurisprudênciahá 10 anos

Tribunal Regional Eleitoral de Sergipe TRE-SE - INQUÉRITO: Inq 3016 SE