jusbrasil.com.br
28 de Julho de 2021
2º Grau
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Supremo Tribunal Federal STF - RECURSO EXTRAORDINÁRIO : RE 718874 RS

Supremo Tribunal Federal
há 8 anos
Detalhes da Jurisprudência
Processo
RE 718874 RS
Partes
UNIÃO, PROCURADOR-GERAL DA FAZENDA NACIONAL, JOSE CARLOS STANISZEWSKI, RAPHAEL DUARTE DA SILVA E OUTRO(A/S), ASSOCIAÇÃO INDUSTRIAL DO PIAUÍ - AIP, LEONARDO E SILVA DE ALMENDRA FREITAS E OUTRO(A/S), DANILO E SILVA DE ALMENDRA FREITAS, JULIANO LUIS ZANELATO
Publicação
DJe-203 DIVULG 11/10/2013 PUBLIC 14/10/2013
Julgamento
9 de Outubro de 2013
Relator
Min. RICARDO LEWANDOWSKI
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Decisão

Petição 45958/2013-STF. A Associação Industrial do Piauí - AIP requer o ingresso no feito na qualidade de amicus curiae. No caso, trata-se de recurso extraordinário em que se discute a constitucionalidade da exigência da contribuição do produtor rural pessoa física incidente sobre a receita bruta proveniente da comercialização de sua produção, na redação conferida pela Lei 10.256/2001. Esta Corte reconheceu a existência de repercussão geral do tema versado neste recurso, nos seguintes termos “CONSTITUCIONAL. TRIBUTÁRIO. CONTRIBUIÇÃO SOCIAL. EMPREGADOR RURAL PESSOA FÍSICA. RECEITA BRUTA. COMERCIALIZAÇÃO DA PRODUÇÃO. ART. 25 DA LEI 8.212/1991, NA REDAÇÃO DADA PELA LEI 10.256/2001. CONSTITUCIONALIDADE. I - A discussão sobre a constitucionalidade da contribuição a ser recolhida pelo empregador rural pessoa física, prevista no art. 25 da Lei 8.212/1991, com a redação dada pela Lei 10.256/2001, ultrapassa os interesses subjetivos da causa. II - Repercussão geral reconhecida”. É o breve relatório. Decido. De acordo com o § 6º do art. 543-A do Código de Processo Civil: “O Relator poderá admitir, na análise da repercussão geral, a manifestação de terceiros, subscrita por procurador habilitado, nos termos do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal”. Por sua vez, o § 2º do art. 323 do RISTF assim disciplinou a matéria: “Mediante decisão irrecorrível, poderá o (a) Relator (a) admitir de ofício ou a requerimento, em prazo que fixar, a manifestação de terceiros, subscrita por procurador habilitado, sobre a questão da repercussão geral”. A esse respeito, assim se manifestou o eminente Min. Celso de Mello, Relator, no julgamento da ADI 3.045/DF: “a intervenção do amicus curiae, para legitimar-se, deve apoiar-se em razões que tornem desejável e útil a sua atuação processual na causa, em ordem a proporcionar meios que viabilizem uma adequada resolução do litígio constitucional”. Verifico que a requerente atende aos requisitos necessários para participar desta ação na qualidade de amicus curiae, podendo apresentar memoriais e, caso queira, realizar sustentação oral na sessão de julgamento. Isso posto, defiro o pedido. À Secretaria, para as anotações necessárias. Publique-se. Brasília, 9 de outubro de 2013.Ministro RICARDO LEWANDOWSKI- Relator -
Disponível em: https://stf.jusbrasil.com.br/jurisprudencia/24255896/recurso-extraordinario-re-718874-rs-stf

Mais do Jusbrasil

Supremo Tribunal Federal
Jurisprudênciahá 6 anos

Supremo Tribunal Federal STF - RECURSO EXTRAORDINÁRIO : RE 5001041-56.2010.4.04.7003 RS - RIO GRANDE DO SUL 5001041-56.2010.4.04.7003

Ref. Petições 63.607/2013-STF, 20.963/2014-STF e 32.590/2014-STF. Trata-se de pedido da Associação dos Produtores e Comerciantes de Sementes e Mudas do Rio Grande do Sul – APASSUL, da Associação Nacional de Defesa dos Agricultores, Pecuaristas e Produtores da Terra – ANDATERRA e da Associação Brasileira das Indústrias …
Supremo Tribunal Federal
Jurisprudênciahá 5 anos

Supremo Tribunal Federal STF - RECURSO EXTRAORDINÁRIO : RE 5001041-56.2010.4.04.7003 RS - RIO GRANDE DO SUL 5001041-56.2010.4.04.7003

Despacho em relação à Petição 47.313/2015: O SENAR – Serviço Nacional de Aprendizagem Rural pugna pelo seu ingresso no feito na qualidade de amicus curiae. Decido. O amicus curiae revela-se como importante instrumento de abertura do STF à participação na atividade de interpretação e aplicação da Constituição, o que não …
Supremo Tribunal Federal
Jurisprudênciahá 3 anos

Supremo Tribunal Federal STF - OITAVOS EMB.DECL. NO RECURSO EXTRAORDINÁRIO : ED-oitavos RE 5001041-56.2010.4.04.7003 RS - RIO GRANDE DO SUL 5001041-56.2010.4.04.7003

Petição/STF 21.875/2018: Despacho Trata-se de "questão de ordem" sobre o quórum necessário para modulação dos efeitos do acórdão proferido pelo SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL nesta causa. Não há previsão legal do cabimento de "questão de ordem" para veicular a presente postulação, que nem mesmo se insere no campo de atuação do …