jusbrasil.com.br
28 de Junho de 2022
  • 2º Grau
  • Repercussão Geral
  • Decisão de mérito
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Supremo Tribunal Federal STF - RECURSO EXTRAORDINÁRIO: RE 600885 RS

Supremo Tribunal Federal
há 11 anos

Detalhes da Jurisprudência

Processo

RE 600885 RS

Órgão Julgador

Tribunal Pleno

Partes

RECTE.(S) : UNIÃO, RECDO.(A/S) : LEONARDO CRISTIAN MELLO MACHADO

Publicação

01/07/2011

Julgamento

9 de Fevereiro de 2011

Relator

CÁRMEN LÚCIA

Documentos anexos

Inteiro TeorRE_600885_RS_1310554339274.pdf
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Ementa

DIREITO CONSTITUCIONAL E ADMINISTRATIVO. CONCURSO PÚBLICO PARA INGRESSO NAS FORÇAS ARMADAS: CRITÉRIO DE LIMITE DE IDADE FIXADO EM EDITAL. REPERCUSSÃO GERAL DA QUESTÃO CONSTITUCIONAL. SUBSTITUIÇÃO DE PARADIGMA. ART. 10 DA LEI N. 6.880/1980. ART. 142, § 3º, INCISO X, DA CONSTITUIÇÃO DA REPUBLICA. DECLARAÇÃO DE NÃO-RECEPÇÃO DA NORMA COM MODULAÇÃO DE EFEITOS. DESPROVIMENTO DO RECURSO EXTRAORDINÁRIO.

1. Repercussão geral da matéria constitucional reconhecida no Recurso Extraordinário n. 572.499: perda de seu objeto; substituição pelo Recurso Extraordinário n. 600.885. 2. O art. 142, § 3º, inciso X, da Constituição da Republica, é expresso ao atribuir exclusivamente à lei a definição dos requisitos para o ingresso nas Forças Armadas. 3. A Constituição brasileira determina, expressamente, os requisitos para o ingresso nas Forças Armadas, previstos em lei: referência constitucional taxativa ao critério de idade. Descabimento de regulamentação por outra espécie normativa, ainda que por delegação legal. 4. Não foi recepcionada pela Constituição da Republica de 1988 a expressão “nos regulamentos da Marinha, do Exército e da Aeronáutica” do art. 10 da Lei n. 6.880/1980. 5. O princípio da segurança jurídica impõe que, mais de vinte e dois anos de vigência da Constituição, nos quais dezenas de concursos foram realizados se observando aquela regra legal, modulem-se os efeitos da não-recepção: manutenção da validade dos limites de idade fixados em editais e regulamentos fundados no art. 10 da Lei n. 6.880/1980 até 31 de dezembro de 2011. 6. Recurso extraordinário desprovido, com modulação de seus efeitos.

Decisão

Após o voto da Senhora Ministra Cármen Lúcia (Relatora), negando provimento ao recurso, e o voto do Senhor Ministro Dias Toffoli, dando-lhe provimento, pediu vista dos autos o Senhor Ministro Ricardo Lewandowski. Ausentes, justificadamente, o Senhor Ministro Gilmar Mendes (Presidente) e Eros Grau e, licenciado, o Senhor Ministro Joaquim Barbosa. Presidência do Senhor Ministro Cezar Peluso (Vice-Presidente). Plenário, 25.03.2010. Decisão: Após os votos dos Senhores Ministros Cármen Lúcia (Relatora), Joaquim Barbosa, Março Aurélio e Ayres Britto, negando provimento ao recurso extraordinário, e os votos dos Senhores Ministros Dias Toffoli, Gilmar Mendes, Celso de Mello e Ricardo Lewandowski, dando-lhe provimento, o julgamento foi adiado. Ausentes o Senhor Ministro Cezar Peluso (Presidente), em representação para participar de compromissos na Suprema Corte Americana, em Washington, e para proferir palestra sobre o Sistema Judiciário Brasileiro, em Nova Iorque, nos Estados Unidos da América, e, justificadamente, a Senhora Ministra Ellen Gracie. Presidência do Senhor Ministro Ayres Britto (Vice-Presidente). Plenário, 10.11.2010.Decisão: Por unanimidade, o Tribunal reconheceu a exigência constitucional de lei e que os regulamentos e editais vigorarão até 31 de dezembro do corrente ano, e negou provimento ao recurso extraordinário. Votou o Presidente, Ministro Cezar Peluso.Plenário, 09.02.2011.

Acórdão

Após o voto da Senhora Ministra Cármen Lúcia (Relatora), negando provimento ao recurso, e o voto do Senhor Ministro Dias Toffoli, dando-lhe provimento, pediu vista dos autos o Senhor Ministro Ricardo Lewandowski. Ausentes, justificadamente, o Senhor Ministro Gilmar Mendes (Presidente) e Eros Grau e, licenciado, o Senhor Ministro Joaquim Barbosa. Presidência do Senhor Ministro Cezar Peluso (Vice-Presidente). Plenário, 25.03.2010. Decisão: Após os votos dos Senhores Ministros Cármen Lúcia (Relatora), Joaquim Barbosa, Marco Aurélio e Ayres Britto, negando provimento ao recurso extraordinário, e os votos dos Senhores Ministros Dias Toffoli, Gilmar Mendes, Celso de Mello e Ricardo Lewandowski, dando-lhe provimento, o julgamento foi adiado. Ausentes o Senhor Ministro Cezar Peluso (Presidente), em representação para participar de compromissos na Suprema Corte Americana, em Washington, e para proferir palestra sobre o Sistema Judiciário Brasileiro, em Nova Iorque, nos Estados Unidos da América, e, justificadamente, a Senhora Ministra Ellen Gracie. Presidência do Senhor Ministro Ayres Britto (Vice-Presidente). Plenário, 10.11.2010. Decisão: Por unanimidade, o Tribunal reconheceu a exigência constitucional de lei e que os regulamentos e editais vigorarão até 31 de dezembro do corrente ano, e negou provimento ao recurso extraordinário. Votou o Presidente, Ministro Cezar Peluso. Plenário, 09.02.2011.

Resumo Estruturado

AGUARDANDO INDEXAÇÃO

Referências Legislativas

  • LEG-FED CF ANO-1967 CF-1967 CONSTITUIÇÃO FEDERAL
  • LEG-FED EMC-000001 ANO-1969 EMENDA CONSTITUCIONAL
  • LEG-FED CF ANO-1988 ART- 00037 INC-00001 ART- 00042 PAR-00001 REDAÇÃO DADA PELA EMC-20/1998 ART- 00093 INC-00009 ART- 00142 "CAPUT" PAR-00001 PAR-00003 INC-00010 INCLUÍDO PELA EMC-18/1998 CF-1988 CONSTITUIÇÃO FEDERAL
  • LEG-FED ADCT ANO-1988 ART-00025 INC-00001 ATO DAS DISPOSIÇÕES CONSTITUCIONAIS TRANSITÓRIAS
  • LEG-FED EMC-000018 ANO-1998 EMENDA CONSTITUCIONAL
  • LEG-FED EMC-000020 ANO-1998 EMENDA CONSTITUCIONAL
  • LEG-FED DEL- 003689 ANO-1941 ART- 00068 CPP-1941 CÓDIGO DE PROCESSO PENAL
  • LEG-FED LCP-000097 ANO-1999 ART-00013 PAR-00001 INCLUÍDO PELA LCP 117/2004 LEI COMPLEMENTAR
  • LEG-FED LCP-000117 ANO-2004 LEI COMPLEMENTAR
  • LEG-FED LEI- 006880 ANO-1980 ART- 00010 EM-1980 ESTATUTO DOS MILITARES
  • LEG-FED LEI- 009868 ANO-1999 ART-00027 LEI ORDINÁRIA
  • LEG-FED LEI- 009882 ANO-1999 ART-00011 LEI ORDINÁRIA
  • LEG-FED LEI- 011279 ANO-2006 ART-00009 LEI ORDINÁRIA
  • LEG-FED SUMSTF-000014 SÚMULA DO SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL STF
  • LEG-FED EDT ITEM-3 LET-A EDITAL DO CONCURSO DE ADMISSÃO AO CURSO DE FORMAÇÃO DE SARGENTOS 2008/2009

Observações

REPERCUSSÃO GERAL RECONHECIDA NO RE 572499 RG. - Acórdãos citados: MS 20973 - Tribunal Pleno, RMS 21046 - Tribunal Pleno, RE 135328, RE 136237, RE 182432, RE 196857 AgR, RE 213514, RE 307112 AgR, RE 327784 AgR, RE 341717 AgR, RE 344833, RE 413559, AI 463533 AgR, AI 516771 AgR, AI 557972 AgR, RE 572499, RE 577025 - Tribunal Pleno, RE 588768 AgR; RTJ 162/877. - Decisão monocrática citada: RE 208798, RE 213514, RE 229810, RE 295740, AI 505380. Número de páginas: 83. Análise: 03/08/2011, SEV. Revisão: 15/08/2011, IMC.
Disponível em: https://stf.jusbrasil.com.br/jurisprudencia/20052103/recurso-extraordinario-re-600885-rs

Informações relacionadas

Supremo Tribunal Federal
Súmulahá 19 anos

Súmula n. 683 do STF

Tribunal Regional Federal da 1ª Região TRF-1 - APELAÇÃO CIVEL: AC 001XXXX-02.2014.4.01.4000 001XXXX-02.2014.4.01.4000

Roberto W. Oliveira, Advogado
Modeloshá 6 anos

[Modelo] Mandado de Segurança -Limite de idade forças armadas

Tribunal Regional Federal da 1ª Região
Jurisprudênciahá 5 anos

Tribunal Regional Federal da 1ª Região TRF-1 - APELAÇÃO CIVEL: AC 005XXXX-55.2016.4.01.3800 005XXXX-55.2016.4.01.3800

Matheus Salomé, Advogado
Artigoshá 4 anos

Considerado inapto na perícia médica: o que fazer para garantir sua vaga?