jusbrasil.com.br
25 de Junho de 2022
  • 2º Grau
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Supremo Tribunal Federal STF - AÇÃO DIRETA DE INCONSTITUCIONALIDADE: ADI 1898 DF

Supremo Tribunal Federal
há 24 anos

Detalhes da Jurisprudência

Processo

ADI 1898 DF

Partes

PROCURADOR-GERAL DA REPÚBLICA, PRESIDENTE DO SUPERIOR TRIBUNAL DE JUSTIÇA

Publicação

DJ DATA-13-10-98 P-00001

Julgamento

6 de Outubro de 1998

Relator

Min. OCTAVIO GALLOTTI
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Decisão

Ao fundamento jurídico da inicial, confere inegável relevo o decidido pelo Supremo Tribunal em sua 3ª Sessão Administrativa, realizada em 24 de junho do corrente ano.Tendo em vista, igualmente, a urgência da providência,defiro, ad referendum da Corte, o pedido de medida cautelar, para suspender os efeitos do ato impugnado, atribuindo,excepcionalmente, a essa decisão e para preserva-lhe a utilidade,eficácia retroativa, em relação aos pagamentos ou depósitos efetuados em favor dos destinatários da resolução em causa.Comunique-se.Solicitem-se informações.Publique-se.Brasília, 6 de outubro de 1998.Ministro OCTAVIO GALLOTTI Relator
Disponível em: https://stf.jusbrasil.com.br/jurisprudencia/14757946/acao-direta-de-inconstitucionalidade-adi-1898-df-stf

Informações relacionadas

Supremo Tribunal Federal
Notíciashá 11 anos

Pagamento de gratificação, férias e 13º para prefeito e vice é tema de Repercussão Geral

Supremo Tribunal Federal
Jurisprudênciahá 18 anos

Supremo Tribunal Federal STF - MEDIDA CAUTELAR NA AÇÃO DIRETA DE INCONSTITUCIONALIDADE: ADI 1898 DF