jusbrasil.com.br
20 de Maio de 2022
  • 2º Grau
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Supremo Tribunal Federal STF - RECURSO EXTRAORDINÁRIO: RE 265721 SP

Supremo Tribunal Federal
há 22 anos
Detalhes da Jurisprudência
Processo
RE 265721 SP
Órgão Julgador
Primeira Turma
Partes
COMPANHIA DOCAS DO ESTADO DE SÃO PAULO - CODESP, RICARDO MARCONDES DE MORAES SARMENTO E OUTROS, PIRELLI CABOS S/A E OUTRO, HAMILTON DIAS DE SOUZA E OUTROS
Publicação
DJ 09-06-2000 PP-00035 EMENT VOL-01994-06 PP-01264
Julgamento
11 de Abril de 2000
Relator
Min. SEPÚLVEDA PERTENCE
Documentos anexos
Inteiro TeorRE_265721_SP_1279120877932.pdf
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Ementa

1. Recurso extraordinário: despesas de remessa e retorno dos autos: inexigibilidade no caso. Ao tempo da interposição do RE - ainda que já vigente a L. 9.756/98, que acrescentou os arts. 41-A e 41-B ao art. 41 da L. 8038/90 -, no caso do STF, não podiam ser pagas as despesas de remessa e retorno dos autos, por não haver como fixar o seu valor, já que as instruções e a tabela a que se refere o mencionado diploma legal só foram baixadas posteriormente, com a edição da Resolução nº 180, de 27.7.99. 2. Adicional de Tarifa Portuária: exação declarada constitucional pela maioria qualificada do plenário do Supremo Tribunal, sob o fundamento de caracterizar contribuição de intervenção no domínio econômico legitimada pelo art. 149 da Constituição: RE provido, com ressalva pessoal do relator (RREE 209.365 E 218.061).

Decisão

A Turma rejeitou os embargos de declaração no recurso extraordinário.Unânime. 1ª. Turma, 12.12.2000.

Acórdão

RE 265721 ED ANO-2000 UF-SP TURMA-01 N.PÁG-007 Min. SEPÚLVEDA PERTENCE DJ 16-02-2001 PP-00139 EMENT VOL-02019-12 PP-02482

Resumo Estruturado

PC1270 , RECURSO EXTRAORDINÁRIO (CÍVEL), DESERÇÃO, INOCORRÊNCIA, RECURSO, INTERPOSIÇÃO, MOMENTO, VALOR, FIXAÇÃO, INOCORRÊNCIA, DESPESAS DE REMESSA E RETORNO AOS AUTOS, PAGAMENTO, IMPOSSIBILIDADE. TR1323 , ADICIONAL DE TARIFA PORTUÁRIO (ATP), COBRANÇA, CONSTITUCIONALIDADE, DOMÍNIO ECONÔMICO, INTERVENÇÃO, CONTRIBUIÇÃO, NATUREZA JURÍDICA, RECEITA, PRODUÇÃO, UNIÃO, VINCULAÇÃO, INSTALAÇÃO PORTUÁRIA, INSTRUMENTO.

Referências Legislativas

Observações

Acórdãos citados: RE 89876 (RTJ-98/230) RE 117315 (RTJ-132/873), RE 209365, RE 218061. - O RE 265721 foi objeto dos embargos de declaração rejeitados em 12/12/2000. Número de páginas: (15). Análise:(LNT). Revisão:(RCO/AAF). Inclusão: 21/06/00, (MLR). Alteração: 04/01/06, (MLR).
Disponível em: https://stf.jusbrasil.com.br/jurisprudencia/14755110/recurso-extraordinario-re-265721-sp

Informações relacionadas

Supremo Tribunal Federal
Jurisprudênciahá 22 anos

Supremo Tribunal Federal STF - RECURSO EXTRAORDINÁRIO: RE 265721 SP

Supremo Tribunal Federal
Jurisprudênciahá 22 anos

Supremo Tribunal Federal STF - RECURSO EXTRAORDINÁRIO: RE 218061 SP

Supremo Tribunal Federal
Jurisprudênciahá 42 anos

Supremo Tribunal Federal STF - RECURSO EXTRAORDINÁRIO: RE 89876 RJ