jusbrasil.com.br
26 de Maio de 2022
  • 2º Grau
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Supremo Tribunal Federal STF - RECURSO EXTRAORDINÁRIO: RE 243926 CE

Supremo Tribunal Federal
há 22 anos
Detalhes da Jurisprudência
Processo
RE 243926 CE
Órgão Julgador
Primeira Turma
Partes
UNIÃO FEDERAL, ADVOGADO-GERAL DA UNIÃO, ELIOMAR FERREIRA LIMA JUNIOR, MARCELO VINÍCIUS GOUVEIA MARTINS E OUTROS
Publicação
DJ 10-08-2000 PP-00012 EMENT VOL-01999-05 PP-00955
Julgamento
16 de Maio de 2000
Relator
Min. MOREIRA ALVES
Documentos anexos
Inteiro TeorRE_243926_CE_1279120236882.pdf
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Ementa

- Concurso público. Exame psicotécnico. - O acórdão recorrido, em última análise, decidiu que a avaliação do candidato, em exame psicotécnico, com base em critérios subjetivos, sem um grau mínimo de objetividade, ou em critérios não revelados, é ilegítimo por não permitir o acesso ao Poder Judiciário para a verificação de eventual lesão de direito individual pelo uso desses critérios. Ora, esta Corte, em casos análogos, tem entendido que o exame psicoténico ofende o disposto nos artigos , XXXV, e 37, "caput" e incisos I e II, da Constituição Federal. Dessa orientação não divergiu o acórdão recorrido. Recurso extraordinário não conhecido.

Acórdão

RE 388917 AgR ANO-2004 UF-BA TURMA-02 MIN-GILMAR MENDES N.PÁG-008 DJ 12-03-2004 PP-00050 EMENT VOL-02143-05 PP-01048

Resumo Estruturado

AD0438 , CONCURSO PÚBLICO, EXAME PSICOTÉCNICO, CANDIDATO, AVALIAÇÃO, CRITÉRIO, SUBJETIVIDADE, ILEGITIMIDADE, DIREITO INDIVIDUAL, LESÃO, VERIFICAÇÃO, PODER JUDICIÁRIO, ACESSO, IMPOSSIBILIDADE.

Referências Legislativas

Observações

Votação: unânime. Resultado: não conhecido. Número de páginas: (14). Análise:(FCB). Revisão:(RCO/AAF). Inclusão: 20/09/00, (SVF). Alteração: 23/04/04, (SVF).
Disponível em: https://stf.jusbrasil.com.br/jurisprudencia/14754770/recurso-extraordinario-re-243926-ce

Informações relacionadas

Supremo Tribunal Federal
Jurisprudênciahá 19 anos

Supremo Tribunal Federal STF - RECURSO EXTRAORDINÁRIO: RE 388917 BA