jusbrasil.com.br
28 de Outubro de 2021
2º Grau
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Supremo Tribunal Federal STF - RECURSO EXTRAORDINÁRIO : RE 447584 RJ

Supremo Tribunal Federal
há 15 anos
Detalhes da Jurisprudência
Processo
RE 447584 RJ
Órgão Julgador
Segunda Turma
Partes
JORNAL DO BRASIL S/A, CLÉRIO BORGES MARTINS E OUTRO(A/S), JOSÉ PAULO BISOL, CARLOS HENRIQUE DE CARVALHO FRÓES E OUTRO(A/S)
Publicação
DJ 16-03-2007 PP-00043 EMENT VOL-02268-04 PP-00624 RTJ VOL-00202-02 PP-00833 LEXSTF v. 29, n. 340, 2007, p. 263-279 RDDP n. 51, 2007, p. 141-148
Julgamento
28 de Novembro de 2006
Relator
Min. CEZAR PELUSO
Documentos anexos
Inteiro TeorRE_447584_RJ_1279020729652.pdf
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Ementa

INDENIZAÇÃO.

Responsabilidade civil. Lei de Imprensa. Dano moral. Publicação de notícia inverídica, ofensiva à honra e à boa fama da vítima. Ato ilícito absoluto. Responsabilidade civil da empresa jornalística. Limitação da verba devida, nos termos do art. 52 da lei 5.250/67. Inadmissibilidade. Norma não recebida pelo ordenamento jurídico vigente. Interpretação do art. , IV, V, IX, X, XIIIe XIV, e art. 220, § 1º, da CFde 1988. Recurso extraordinário improvido. Toda limitação, prévia e abstrata, ao valor de indenização por dano moral, objeto de juízo de equidade, é incompatível com o alcance da indenizabilidade irrestrita assegurada pela atual Constituiçãoda República. Por isso, já não vige o disposto no art. 52 da Lei de Imprensa, o qual não foi recebido pelo ordenamento jurídico vigente.

Decisão

A Turma, por votação unânime, conheceu do recurso extraordinário, mas lhe negou provimento, nos termos do voto do Relator. Falou, pelo recorrido, o Dr. Carlos Henrique de Carvalho Fróes. Ausente, justificadamente, neste julgamento, o Senhor Ministro Joaquim Barbosa. 2ª Turma, 28.11.2006.

Resumo Estruturado

VIDE EMENTA E INDEXAÇÃO PARCIAL: INOCORRÊNCIA, RECEPÇÃO, DISPOSITIVO, LEI DE IMPRENSA, RESTRIÇÃO, VALOR, INDENIZAÇÃO, DANO MORAL, CONSTITUIÇÃO FEDERAL, FIXAÇÃO, PRINCÍPIO DA INDENIZAÇÃO IRRESTRITA. CONSTITUIÇÃO FEDERAL, AUSÊNCIA, AUTORIZAÇÃO, LEI INFRACONSTITUCIONAL, LIMITAÇÃO, VALOR. CARACTERIZAÇÃO, DANO MORAL, OFENSA, DIREITO DA PERSONALIDADE, ABRANGÊNCIA, PREJUÍZO SUBJETIVO, SENSAÇÃO DOLOROSA, AFLIÇÃO, PREJUÍZO OBJETIVO, DEPRECIAÇÃO, PESSOA, REFERÊNCIA, CONSIDERAÇÃO ALHEIA. NECESSIDADE, EFICÁCIA, INDENIZAÇÃO, OBJETIVO, DESENCORAJAMENTO, VIOLAÇÃO, DIREITO, SATISFAÇÃO PSICOLÓGICA, VÍTIMA. INAPLICAÇÃO, CRITÉRIO OBJETIVO, AVALIAÇÃO, BENS IDEAIS DA PERSONALIDADE. APLICABILIDADE, CASO, PRINCÍPIO DO RESGUARDO DO NÚCLEO ESSENCIAL DOS DIREITOS. RESTRIÇÃO, VALOR, INDENIZAÇÃO, DANO MORAL, CARACTERIZAÇÃO, INTERVENÇÃO LEGISLATIVA, CONTRARIEDADE, CONSTITUIÇÃO FEDERAL, ÂMBITO, DIREITOS FUNDAMENTAIS.

Referências Legislativas

Observações

- Acórdãos citados: RE 348827, RE 396386 , RE 420784. Número de páginas: 23 Análise: 29/03/2007, AAC. Revisão: JBM.
Disponível em: https://stf.jusbrasil.com.br/jurisprudencia/14730496/recurso-extraordinario-re-447584-rj

Informações relacionadas

Supremo Tribunal Federal
Jurisprudênciahá 15 anos

Supremo Tribunal Federal STF - RECURSO EXTRAORDINÁRIO : RE 447584 RJ