jusbrasil.com.br
30 de Junho de 2022
  • 2º Grau
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Supremo Tribunal Federal STF - RECURSO EXTRAORDINÁRIO: RE 379572 RJ

Supremo Tribunal Federal
há 14 anos

Detalhes da Jurisprudência

Processo

RE 379572 RJ

Órgão Julgador

Tribunal Pleno

Partes

CONRADO VAN ERVEN NETO E OUTRO(A/S), OSCAR SANT'ANNA DE FREITAS E CASTRO E OUTRO(A/S), FERNANDO NEVES DA SILVA, ESTADO DO RIO DE JANEIRO, PGE-RJ - ROBERTO SARAIVA RIBEIRO

Publicação

DJe-018 DIVULG 31-01-2008 PUBLIC 01-02-2008 EMENT VOL-02305-04 PP-00870

Julgamento

11 de Abril de 2007

Relator

Min. GILMAR MENDES

Documentos anexos

Inteiro TeorRE_379572_RJ_1279014414380.pdf
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Ementa

Recurso Extraordinário. Tributário.

2. Não incide Imposto de Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) sobre embarcações (Art. 155, III, CF/88 e Art. 23, III e § 13, CF/67 conforme EC 01/69 e EC 27/85). Precedentes.
3. Recurso extraordinário conhecido e provido.

Decisão

Após o voto do Senhor Ministro Gilmar Mendes (Relator), conhecendo e negando provimento ao recurso, no que foi acompanhado pelos Senhores Ministros Ricardo Lewandowski, Eros Grau, Carlos Britto e Sepúlveda Pertence, e do voto do Senhor Ministro Joaquim Barbosa, dando-lhe provimento, pediu vista dos autos o Senhor Ministro Cezar Peluso. Ausentes, justificadamente, as Senhoras Ministras Ellen Gracie (Presidente) e Cármen Lúcia. Presidência do Senhor Ministro Gilmar Mendes (Vice-Presidente). Plenário, 20.09.2006.Retificação de decisão: Na assentada anterior, na qual pediu vista dos autos o Senhor Ministro Cezar Peluso, fica retificada a proclamação para constar que os votos dos Senhores Ministros Gilmar Mendes (Relator), Ricardo Lewandowski, Eros Grau, Carlos Britto e Sepúlveda Pertence foram no sentido de conhecer e dar provimento ao recurso, e que o voto do Senhor Ministro Joaquim Barbosa foi no de negar-lhe.Ausentes, justificadamente, as Senhoras Ministras Ellen Gracie (Presidente) e Cármen Lúcia, e os Senhores Ministros Celso de Mello e Março Aurélio. Presidência do Senhor Ministro Gilmar Mendes (Vice-Presidente). Plenário, 21.09.2006.Decisão: O Tribunal, por unanimidade, conheceu do recurso extraordinário e, por maioria, deu-lhe provimento, nos termos do voto do Relator, vencidos os Senhores Ministros Joaquim Barbosa e Março Aurélio, que lhe negavam provimento. Ausente, justificadamente, o Senhor Ministro Celso de Mello. Presidiu o julgamento a Senhora Ministra Ellen Gracie. Plenário, 11.04.2007.

Resumo Estruturado

- VIDE EMENTA. - VOTO VENCIDO, MIN. JOAQUIM BARBOSA: CONFIGURAÇÃO, AMPLITUDE, EXPRESSÃO, VEÍCULOS AUTOMOTORES, ABRANGÊNCIA, EMBARCAÇÃO, TRANSPORTE AQUÁTICO. - FUNDAMENTAÇÃO COMPLEMENTAR, MIN. CARLOS BRITTO: CARACTERIZAÇÃO, CONCEITO, VEÍCULOS AUTOMOTORES, SENTIDO ESTRITO, APLICAÇÃO, EXCLUSIVIDADE, DESLOCAMENTO, VIA TERRESTRE. - FUNDAMENTAÇÃO COMPLEMENTAR, MIN. CEZAR PELUSO: SUJEIÇÃO, EMBARCAÇÃO, REGISTRO, TRIBUNAL MARÍTIMO, CAPITANIA DOS PORTOS, FINALIDADE, CONFERIMENTO, VALIDADE, SEGURANÇA, PUBLICIDADE, PROPRIEDADE. SUJEIÇÃO, AERONAVE, REGISTRO AERONÁLTICO BRASILEIRO. CONFIGURAÇÃO, AMPLIAÇÃO, CONCEITO, VEÍCULO AUTOMOTOR, MEDIANTE, DECRETO, VIOLAÇÃO, PRINCÍPIO DA LEGALIDADE, DESCABIMENTO, NORMA JURÍDICA SUBALTERNA, INOVAÇÃO, ORDEM TRIBUTÁRIA. INEXISTÊNCIA, ATRIBUIÇÃO, COMPETÊNCIA, ESTADO-MEMBRO, MUNICIPÍO, LEGISLAÇÃO, NAVEGAÇÃO MARÍTIMA, AÉREA, CONFIGURAÇÃO, BEM, UNIÃO. - VOTO VENCIDO, MIN. MARÇO AURÉLIO: CARACTERIZAÇÃO, EMBARCAÇÃO, AERONAVE, VEÍCULO AUTOMOTOR, DESCABIMENTO, APLICAÇÃO, CONCEITO, EXCLUSIVIDADE, VEÍCULO, QUATRO RODAS. CONFIGURAÇÃO, ATUAÇÃO, CAPITANIA DOS PORTOS, ÂMBITO, PODER DE POLÍCIA. EXIGÊNCIA, EXCLUSIVIDADE, ELO, VEÍCULO, PROPRIETÁRIO, CABIMENTO, COBRANÇA, TRIBUTO, IRRELEVÂNCIA, NATUREZA, VEÍCULO.

Referências Legislativas

Observações

- Acórdãos citados: Rp 1344, RE 134509 , RE 255111 .(RTJ 184/769) Número de páginas: 22 Análise: 23/04/2008, FMN.
Disponível em: https://stf.jusbrasil.com.br/jurisprudencia/14729026/recurso-extraordinario-re-379572-rj

Informações relacionadas

Amanda Araújo, Advogado
Artigoshá 3 anos

A não incidência do IPVA sobre aeronaves e embarcações e a sua viabilidade por meio de LC com base nos princípios da isonomia e da capacidade contributiva

Notíciashá 15 anos

STF isenta barcos e aviões de pagar IPVA

Schirley Paplowski, Bacharel em Direito
Artigoshá 2 anos

[Direito Constitucional] É possível a edição de medidas provisórias por governadores e prefeitos?

Supremo Tribunal Federal
Jurisprudênciahá 14 anos

Supremo Tribunal Federal STF - RECURSO EXTRAORDINÁRIO: RE 379572 RJ

Supremo Tribunal Federal
Jurisprudênciahá 20 anos

Supremo Tribunal Federal STF - RECURSO EXTRAORDINÁRIO: RE 134509 AM