jusbrasil.com.br
11 de Agosto de 2022
  • 2º Grau
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Supremo Tribunal Federal STF - HABEAS CORPUS: HC 73867 SP

Supremo Tribunal Federal
há 26 anos

Detalhes da Jurisprudência

Processo

Órgão Julgador

-SEGUNDA TURMA

Partes

MINISTRO MARCO AURÉLIO, RENATO DE OLIVEIRA NUNES, RENATO DE OLIVEIRA NUNES, TRIBUNAL DE ALÇADA CRIMINAL DO ESTADO DE SÃO PAULO

Publicação

Julgamento

Relator

Min. MARCO AURÉLIO

Documentos anexos

Inteiro TeorHC_73867_SP_1278862808286.pdf
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Ementa

COMPETÊNCIA - HABEAS-CORPUS - ATO DE TRIBUNAL DE ALÇADA CRIMINAL.

Na dicção da ilustrada maioria, em relação à qual guardo reservas, compete ao Supremo Tribunal Federal julgar todo e qualquer habeas-corpus dirigido contra ato de tribunal ainda que não possua a qualificação de superior. Convicção pessoal colocada em segundo plano, em face de atuação em Órgão fracionário. PENA - ATENUANTE - MENORIDADE - MÍNIMO PREVISTO PARA O TIPO. Ao contrário do que ocorre com as causas de diminuição da pena, a atenuante não conduz à fixação aquém do mínimo previsto para o tipo. SENTENÇA - ERRO MATERIAL - NULIDADE INEXISTENTE. Salta aos olhos o erro material quando, na sentença, remete-se às qualificadoras do § 2º do artigo 157 do Código Penal, aludindo-se à percentagem de um sexto, para, a seguir revelar pena final resultante do cálculo a partir de um terço, ou seja, o mínimo estabelecido no citado parágrafo.

Resumo Estruturado

PN0010 , PENA, FIXAÇÃO, PENA-BASE, MÍNIMO LEGAL, MENORIDADE, ATENUANTE, INAPLICAÇÃO PP0392 , SENTENÇA (CRIMINAL), NULIDADE, INEXISTÊNCIA, ERRO MATERIAL, OCORRÊNCIA, DEFESA, PREJUÍZO, AUSÊNCIA

Referências Legislativas

Observações

Votação: Unânime. Resultado: Indeferido. Número de páginas: (06). Análise:(RCO). Revisão:(JBM/NCS). Inclusão: 15/07/96, (ARL). Alteração: 07/08/96, (NT).
Disponível em: https://stf.jusbrasil.com.br/jurisprudencia/14701901/habeas-corpus-hc-73867-sp

Informações relacionadas

Supremo Tribunal Federal
Jurisprudênciahá 26 anos

Supremo Tribunal Federal STF - HABEAS CORPUS: HC 73867 SP