jusbrasil.com.br
11 de Agosto de 2022
  • 2º Grau
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Supremo Tribunal Federal STF - MEDIDA CAUTELAR NO MANDADO DE SEGURANÇA: MS 23047 DF

Supremo Tribunal Federal
há 19 anos

Detalhes da Jurisprudência

Processo

Órgão Julgador

Tribunal Pleno

Partes

Publicação

Julgamento

Relator

Min. SEPÚLVEDA PERTENCE

Documentos anexos

Inteiro TeorMS_23047_DF_1278853078995.pdf
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Ementa

I.

Emenda constitucional: limitações materiais ("cláusulas pétreas); controle jurisdicional preventivo (excepcionalidade); a proposta de reforma previdenciária (PEC 33-I), a forma federativa de Estado ( CF, art. 60, § 1º) e os direitos adquiridos ( CF, art. 60, § 4º, IV, c/c art. , 36): alcance das cláusulas invocadas: razões do indeferimento da liminar. II. Mandado de segurança: pedido de liminar: possibilidade de sua submissão ao Plenário pelo relator, atendendo a relevância da matéria e a gravidade das conseqüências possíveis da decisão.

Decisão

O Tribunal, preliminarmente, entendeu ser processualmente lícito ao Relator, em sede de mandado de segurança, submeter, à apreciação do Plenário, o pedido de medida liminar, vencido o Ministro Março Aurélio.Prosseguindo no julgamento, o Tribunal, também por votação majoritária,indeferiu o pedido de medida liminar, vencido o Ministro Março Aurélio,que o deferia. Votou o Presidente. Plenário, 11.02.98.

Resumo Estruturado

- PRELIMINAR: CABIMENTO, SUBMISSÃO, PLENÁRIO, JULGAMENTO, LIMINAR, MANDADO DE SEGURANÇA PREVENTIVO, RELEVÂNCIA, MATÉRIA. - VOTO VENCIDO, PRELIMINAR, MIN. MARÇO AURÉLIO: COMPETÊNCIA, RELATOR, APRECIAÇÃO, PEDIDO, LIMINAR, MANDADO DE SEGURANÇA, DESCABIMENTO, ENVIO, PLENÁRIO, CONFORMIDADE, REGIMENTO INTERNO, STF. - INDEFERIMENTO, SUSPENSÃO, PROCESSO LEGISLATIVO, PROPOSTA, EMENDA CONSTITUCIONAL, AUSÊNCIA, CONFIGURAÇÃO, VIOLAÇÃO, PRINCÍPIO CONSTITUCIONAL, JUÍZO LIMINAR DE DELIBAÇÃO. INEXISTÊNCIA, OFENSA, FEDERAÇÃO, REGULAMENTAÇÃO, REGIME, SERVIDOR PÚBLICO, TOTALIDADE, UNIDADE FEDERATIVA. FACULDADE, ESTADO MEMBRO, MUNICÍPIO, DISTRITO FEDERAL, INSTITUIÇÃO, PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR. PRESERVAÇÃO, DIREITO ADQUIRIDO, PREENCHIMENTO, PRESSUPOSTO, AQUISIÇÃO, DIREITO. - EXCEPCIONALIDADE, HIPÓTESE, CONTROLE JURISDICIONAL PREVENTIVO, PROCESSO LEGISLATIVO, EMENDA, CONSTITUIÇÃO FEDERAL. NECESSIDADE, PROTEÇÃO, NÚCLEO ESSENCIAL, PRINCÍPIO, INOCORRÊNCIA, INTANGIBILIDADE LITERAL, CONSTITUCIONALIDADE ORIGINÁRIA. - FUNDAMENTAÇÃO DIVERSA, MIN. NELSON JOBIM: NECESSIDADE, CAUTELA, DISTINÇÃO, CONSTITUINTE ORIGINÁRIO, CONSTITUINTE DERIVADO. - VOTO VENCIDO, MIN. MARÇO AURÉLIO, DEFERIMENTO, LIMINAR, SUSPENSÃO, PROPOSTA, EMENDA CONSTITUCIONAL, REFORMA, PREVIDÊNCIA, PREVISÃO, ELIMINAÇÃO, GARANTIA INDIVIDUAL, SERVIDOR PÚBLICO, TEMPO EM CURSO, PREENCHIMENTO, REQUISITO, APOSENTADORIA. IMPOSSIBILIDADE, ALTERAÇÃO, UNILATERAL, RELAÇÃO JURÍDICA COMUTATIVA, RELAÇÃO JURÍDICA SINALAGMÁTICA.

Doutrina

  • Obra: DIREITO PÚBLICO
  • Autor: CARLOS VELLOSO
  • Obra: ARTIGO PUBLICADO NO JORNAL O ESTADO DE SÃO PAULO,
  • Autor: MICHEL TEMER

Referências Legislativas

Observações

Acórdãos citados: ADI 1749, MS 20257 , MS (RTJ-99/1031) 21564 , MS (RTJ-169/80) 22449, MS 21648 , MS (RTJ-165/540) 22503 , MS (RTJ-169/181) 22864. - Legislação estrangeira citada: art. 41 da Constituição Francesa de 1958. - Caso "REFORMA DA PREVIDÊNCIA". Número de páginas: (23). Análise:(FLO). Inclusão: 12/12/03, (MLR). Alteração: 17/11/05, (MSA).
Disponível em: https://stf.jusbrasil.com.br/jurisprudencia/14699169/medida-cautelar-no-mandado-de-seguranca-ms-23047-df

Informações relacionadas

Supremo Tribunal Federal
Jurisprudênciahá 17 anos

Supremo Tribunal Federal STF - AÇÃO DIRETA DE INCONSTITUCIONALIDADE: ADI 1749 DF XXXXX-28.1997.0.01.0000

Supremo Tribunal Federal
Jurisprudênciahá 25 anos

Supremo Tribunal Federal STF - MANDADO DE SEGURANÇA: MS 21648 DF

Supremo Tribunal Federal
Jurisprudênciahá 41 anos

Supremo Tribunal Federal STF - MANDADO DE SEGURANÇA: MS 20257 DF