jusbrasil.com.br
30 de Junho de 2022
  • 2º Grau
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Supremo Tribunal Federal STF - INQUÉRITO: Inq 104 RS

Supremo Tribunal Federal
há 41 anos

Detalhes da Jurisprudência

Processo

Inq 104 RS

Órgão Julgador

Tribunal Pleno

Publicação

DJ 02-10-1981 PP-09773 EMENT VOL-01228-01 PP-00001 RTJ VOL-00099-02 PP-00477

Julgamento

26 de Agosto de 1981

Relator

Min. DJACI FALCAO

Documentos anexos

Inteiro TeorINQ_104_RS_1278822682050.pdf
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Ementa

QUEIXA CONTRA DEPUTADO FEDERAL, INVESTIDO NA FUNÇÃO DE MINISTRO DE ESTADO, IMPUTANDO-LHE CRIME DE DIFAMAÇÃO (ART. 139 DO CÓDIGO PENAL). O DEPUTADO QUE EXERCE A FUNÇÃO DE MINISTRO DE ESTADO NÃO PERDE O MANDATO, POREM NÃO PODE INVOCAR A PRERROGATIVA DA IMUNIDADE, MATERIAL OU PROCESSUAL, PELO COMETIMENTO DE CRIME NO EXERCÍCIO DA NOVA FUNÇÃO. INTELIGENCIA DO ART. 32 E SEU PARÁGRAFO 1., DA CONSTITUIÇÃO, NA REDAÇÃO DA EMENDA N. 11/78. REJEIÇÃO DA PRELIMINAR SUSCITADA PELA PROCURADORIA-GERAL DA REPUBLICA E CANCELAMENTO DA SÚMULA N. 4 (PARÁGRAFO

1. DO ART. 102, DO REGIMENTO INTERNO DO SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL). DECISÃO TOMADA POR MAIORIA ABSOLUTA DE VOTOS. REJEIÇÃO DA QUEIXA, POR UNANIMIDADE DE VOTOS, EIS QUE A SIMPLES REVELAÇÃO DE DÉBITO PARA COM ENTIDADE PÚBLICA NÃO TRADUZ, EM TESE, CRIME CONTRA A HONRA.

Decisão

O Tribunal decidiu: 1º) - Por maioria absoluta, rejeitar a preliminar suscitada pela Procuradoria-Geral da República, e cancelar, em conseqüência, a Súmula 4;2º). Por unanimidade, rejeitar a queixa. Falou pelo indiciado o Dr.Antônio Rezende Costa. T. Pleno, 26.08.81.

Resumo Estruturado

- IMUNIDADE PARLAMENTAR, DEPUTADO FEDERAL, INVESTIMENTO, FUNÇÃO, MINISTRO DE ESTADO, IMPOSSIBILIDADE, PRERROGATIVA DE FUNÇÃO, LEGISLATIVO. - QUEIXA, REJEIÇÃO, DÉBITO PREVIDENCIÁRIO, REVELAÇÃO, DIFAMAÇÃO, CRIME EM TESE, INEXISTÊNCIA. CT0228 , IMUNIDADE PARLAMENTAR, DEPUTADO FEDERAL, EXERCÍCIO DA FUNÇÃO DE MINISTRO DE ESTADO.

Referências Legislativas

  • DEL- 002848 ANO-1940 ART- 00139
  • EMC-000011 ANO-1978 ART-00032 PAR-00001
  • RGI ANO-1980 ART-00102 PAR-00001
  • SUM-000004

Observações

- Cancelamento Súmula nº 04. Caso "Jair Soares".
Disponível em: https://stf.jusbrasil.com.br/jurisprudencia/14691747/inquerito-inq-104-rs

Informações relacionadas

Supremo Tribunal Federal
Jurisprudênciahá 23 anos

Supremo Tribunal Federal STF - HABEAS CORPUS: HC 78093 AM

Supremo Tribunal Federal
Súmulahá 59 anos

Súmula n. 4 do STF

Flávia Teixeira Ortega, Advogado
Notíciashá 6 anos

Um Senador que se licencia do mandato para investir-se no cargo de Ministro de Estado perde a prerrogativa de foro em matéria penal?

Supremo Tribunal Federal
Jurisprudênciahá 41 anos

Supremo Tribunal Federal STF - INQUÉRITO: Inq 104 RS