Carregando...
JusBrasil - Jurisprudência
21 de novembro de 2014

STF - RECURSO EXTRAORDINÁRIO : RE 25133

ADVOGADO DE PARTIDO. SE E OU NÃO, EMPREGADO. DISTINÇÃO ENTRE O ADVOGADO EMPREGADO, QUE, SUJEITO, A HORARIO, TRABALHA NA PROPRIA SEDE DA EMPRESA, E O ADVOGADO DE PARTIDO QUE, EMBORA RECEBENDO REMUNERAÇÃO MENSAL, NÃO ESTA SUJEITO AO MESMO REGIME.

Publicado por Supremo Tribunal Federal - 44 anos atrás

LEIAM 0 NÃO LEIAM
ResumoEmenta para Citação

Dados Gerais

Processo: RE 25133
Relator(a): RIBEIRO DA COSTA
Julgamento: 01/01/1970
Órgão Julgador: TRIBUNAL PLENO
Publicação: ADJ DATA 24-12-1956 PP-02461 EMENT VOL-00229-01 PP-00408

Ementa

ADVOGADO DE PARTIDO. SE E OU NÃO, EMPREGADO. DISTINÇÃO ENTRE O ADVOGADO EMPREGADO, QUE, SUJEITO, A HORARIO, TRABALHA NA PROPRIA SEDE DA EMPRESA, E O ADVOGADO DE PARTIDO QUE, EMBORA RECEBENDO REMUNERAÇÃO MENSAL, NÃO ESTA SUJEITO AO MESMO REGIME.

0 Comentário

Faça um comentário construtivo abaixo e ganhe votos da comunidade!

Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "gritar" ;)

ou

×

Fale agora com um Advogado

Oi. O JusBrasil pode te conectar com Advogados em qualquer cidade caso precise de alguma orientação ou correspondência jurídica.

Escolha uma cidade da lista
Disponível em: http://stf.jusbrasil.com.br/jurisprudencia/877536/recurso-extraordinario-re-25133